Portuguesa Esports em preparação para o Qualifiers de Brawl Stars
Lance!
Portuguesa Esports em preparação para o Qualifiers de Brawl Stars


A primeira etapa de qualificação mundial para o Brawl Stars está prestes a começar. Neste fim de semana, a galera que curte o jogo poderá testar as habilidades contra grandes e fortes equipes do Cenário. Uma das equipes em preparação é a Portuguesa Esports. Com um projeto patrocinado pela A+A agência esportiva, o time paulista conta com uma equipe renomada em busca da classificação nas duas etapas, sábado e domingo, respectivamente.

Um dos principais nomes da equipe e consumidor do jogo desde a fase BETA, ainda no IOS, período de testes em 2017, PitbullFera estará presente na etapa de qualificação a serviço do forte time da Portuguesa Esports. Além disso, o fenômeno das streams na plataforma Booyah, também falou um pouco mais dos eventos da marca SuperCell e sua trajetória no jogo.

"Eu jogo desde quando lançou no Beta, só para Iphone. Desde o começo. O competitivo migrou de 8 para 80 somente no começo do ano passado. Ainda não temos muitos times renomados, um dos mais renomados, que ganhou muita coisa foi a INTZ, falando no mundial global. No Brawl o mundial é definido por oito etapas, a cada mês os melhores times vão pontuando e vão para final global, viajam pra fora, enfim. Participei desta final na Coreia do Sul em 2019. Este ano teremos dois presenciais, com 4 fases e um presencial. Então, teremos dois presenciais", afirmou PitbullFera.

Youtuber e Streamer de Brawl, PitbullFera foi um dos pioneiros e é considerado, em números e por muitos que o acompanham, como um dos melhores. Antiga KGP, a equipe migrou para Portuguesa ESports, com experiência mundial na Polônia após vencer o torneio Latam. Pitbull falou sobre as expectativas e o que podemos esperar da equipe nos qualificatórios que estão por vir no decorrer deste ano.

"A Portuguesa é muito forte, principalmente por dois fatores. A gente queria muito focar no competitivo. Acaba sendo diferente a gente focar nisso não tendo um time e tendo um time, pois, querendo ou não, quando você tem uma organização você não quer perder por vários motivos. Como atleta você não quer perder por vários motivos; o primeiro é por ser um jogador competitivo, o segundo por ter uma organização que investe em você para conseguir bons resultados e retorno, o esforço mudou da água para o vinho por resultados. A gente faz 6/8 horas de treino por dia, fora as análises. Estou muito ansioso e a gente vem forte para esse qualifier", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários