André marca, Fluminense bate o Nova Iguaçu e engata sexta vitória seguida no Carioca
Luiza Sá
André marca, Fluminense bate o Nova Iguaçu e engata sexta vitória seguida no Carioca


O Fluminense venceu a sexta partida consecutiva no Campeonato Carioca e mais uma vez por 1 a 0. Nesta quarta-feira, o Tricolor bateu o Nova Iguaçu no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, pela sétima rodada da competição. O volante André foi o autor do gol que garantiu os três pontos e manutenção da liderança do Estadual ao time de Abel Braga.

André decidiu para o Fluminense nesta quarta (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

O Flu volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Volta Redonda novamente no Luso-Brasileiro, às 19h. Em seguida, o time viaja direto para a Colômbia, onde enfrenta o Millonarios na terça-feira, pela segunda fase da Libertadores. Já o Nova Iguaçu, lanterna, terá o Bangu pela frente no domingo, às 11h.



PROBLEMAS PARA O FLU

Pensando na partida pela Libertadores em menos de uma semana, o técnico Abel Braga mandou a campo apenas uma parte dos titulares, dando nova oportunidade a Fábio, Luccas Claro, Martinelli e Germán Cano. No entanto, teve o primeiro problema já no aquecimento. Nino sentiu um incômodo na coxa direita e foi retirado da relação preventivamente. David Duarte entrou em sua vaga, mas durou 10 minutos. Ele sentiu uma fisgada na coxa e precisou ser substituído por Manoel.

NA FRENTE

Com bola rolando, o Nova Iguaçu se fechou bastante e dificultou as infiltrações do Fluminense. Com boa movimentação, o Tricolor tentava encontrar os espaços e dominava o meio-campo, já que Abel optou por ter três volantes mesmo diante de um adversário mais fraco. André, um dos destaques, foi bem e abriu o placar aos 24 minutos. Willian quebrou a defesa e rolou no meio para Luiz Henrique dar ótima assistência para o volante, que chegou batendo de primeira para marcar.

FICOU DIFÍCIL

Em um jogo repleto de faltas, Fábio ainda teve tempo de fazer uma bela defesa para salvar o empate aos 30. Mas dois minutos depois o Nova Iguaçu se complicou. Gabriel Santana, que já tinha amarelo, deu uma entrada forte em Willian e acabou expulso. Luiz Henrique e Samuel Xavier ainda chegaram perto, mas não conseguiram ampliar.

DIFÍCIL ACESSO

Com um a mais, o Fluminense dominou as ações da partida durante o segundo tempo e o Nova Iguaçu mal ameaçou aparecer no campo de ataque. Mas a pontaria seguida sendo um problema para o Tricolor, como vem acontecendo ao longo da temporada. Diante da falta de espaços, Abel Braga apostou nas entradas de Arias e Caio Paulista no intervalo, além de Ganso e Fred já aos 26.

VITÓRIA

Mas 1 a 0 parece ser goleada para o time de Abel Braga. Mesmo com o placar apertado, parte da torcida até gritava "olé". Mesmo com todo domínio, o Fluminense sofreu para levar perigo real ao goleiro adversário. Manoel até chegou a ter um gol anulado por impedimento, mas no geral as oportunidades poderiam ter sido melhores. Ganso entrou achando alguns bons passes, mas no geral as chances foram longe. O Nova Iguaçu até exigiu uma defesa de Fábio nos momentos finais, mas vitória tricolor com misto de vaias e aplausos.

FICHA TÉCNICA:
NOVA IGUAÇU 0X1 FLUMINENSE

Data/Hora:
16/02/2022, às 21h35
Local: Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Gabriel Conti Viana

Gols: André (24'/1ºT) (1-0)
Cartões amarelos: Gabriel Santana, Gabriel Luiz, Gabriel Pinheiro, Carlos Vitor (NIG), Samuel Xavier (FLU)
Cartões vermelhos: Gabriel Santana (NIG)

NOVA IGUAÇU: Diego Cerqueira; Léo, Gabriel Pinheiro, Nathan (Yan - 27'/2ºT), Carlinhos; Gabriel Santana, Abuda, Gabriel Luiz (Vandinho - 27'/2ºT), Rodrigo Andrade (Dieguinho - 20'/2ºT), Dedé (André Santos - intervalo) e João Pedro (Juan - 20'/2ºT). Técnico: Carlos Vitor.

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, David Duarte (Manoel - 10'/1ºT), Luccas Claro e Cristiano (Arias - intervalo); André, Martinelli, Yago Felipe (Caio Paulista - intervalo); Luiz Henrique (Ganso - 26'/2ºT), Cano (Fred - 26'/2ºT) e Willian. Técnico: Abel Braga.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários