Gustavo Caldeira, médico do Vasco, explica situação de três jogadores do elenco para a sequência do Carioca
Lance!
Gustavo Caldeira, médico do Vasco, explica situação de três jogadores do elenco para a sequência do Carioca


Depois do revés para o Botafogo, o Vasco volta a campo nesta quinta, às 20h30, contra o Bangu, em São Januário, pela sétima rodada do Carioca. No entanto, o técnico Zé Ricardo não terá à disposição novamente dois atletas que se lesionaram no início da temporada: Vitinho e Yuri Lara. Em coletiva, o diretor-médico Gustavo Caldeira explicou em que fase do tratamento os atletas estão.

Vitinho foi titular durante os treinos da pré-temporada, mas acabou tendo uma lesão no tendão retofemoral ainda no jogo-treino contra o Audax. Na última semana, o jogador iniciou a transição no campo do CT Moacyr Barbosa, mas ainda não há uma previsão concreta sobre sua volta.



A expectativa do médico é que ele tenha condições de fazer a sua estreia com a camisa do Vasco no duelo diante da Ferroviária, de Araraquara, pela primeira fase da Copa do Brasil. O duelo está marcado para o dia 2 de março, às 21h30, no Estádio Fonte Luminosa.

- O Vitinho teve uma lesão no tendão retofemoral, uma lesão importante. A gente considera uma lesão de alto grau, temos feito um planejamento não para o dia que ele vai retornar, mas como vai retornar. É uma lesão que demora mais a voltar. Sempre fazemos uma programação semanal, não trabalhamos com previsão. Hoje ele faz todos os trabalhos na academia sem restrição e sem queixas. Vamos incluindo percepções diariamente para se acostumar aos estímulos que terá no jogo. Essa semana ele já treina com bola no campo - disse Gustavo Caldeira, e emendou:

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca


- Estou muito confiante que ele jogue na Copa do Brasil, em 2 de março, mas não posso afirmar isso porque nossa avaliação é semanal. Mas acredito nisso sim, que ele possa jogar até antes – completou.

Além dele, Yuri Lara teve uma torção no tornozelo contra o Boavista, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Carioca. Desde então, ele tem desfalcado a equipe e em seu lugar Matheus Barbosa tem sido titular no meio de campo. O volante ainda tem feito trabalhos na academia e não treinou com bola no campo.

- O Vitinho está à frente do Yuri sobre prazo para voltar. O Yuri teve uma entorse no tornozelo de moderada a grave intensidade, contra o Boavista. Ele tem uma dor que o incomoda para correr, mas hoje está quase que imperceptível. Pelo tipo de lesão ele está evoluindo bem. Faz trabalhos na academia, já corre na esteira. Ele já tem incrementos de jogo, acredito que esteja presente também contra a Ferroviária. Seria um ganho, porque é um tempo curto para lesão dele - explicou.

+ Bom passe, mas pouca intensidade: como joga Luiz Henrique, meia que já treina no Vasco

Gustavo Caldeira também destacou os avanços da recuperação do argentino Martín Sarrafiore. O atleta não joga desde setembro quando sofreu uma lesão no cruzado anterior do joelho esquerdo no duelo contra o Confiança, em Sergipe. Depois da operação, ele segue sua recuperação e o Departamento Médico tem tido muito cuidado com os prazos.

- O Sarrafiore está na fase 3, fazendo fortalecimento. Precisa ganhar força muscular para aumentar o arco de movimento. É um cara dedicado, faz trabalho de manhã e de tarde, mas previsão é difícil. A gente trabalha com uma janela maior que seis meses para diminuir as chances de uma nova ruptura. A gente trabalha com um tempo maior, então ele não volta com seis meses finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários