Felipe Meligeni comenta troca de raquete após dores no punho
TÊNIS NEWS
Felipe Meligeni comenta troca de raquete após dores no punho


Felipe Meligeni, número 224 do mundo, lamentou a derrota na estreia do Rio Open no fim da noite desta segunda-feira, diante do sérvio Miomir Kecmanovic, 70º colocado, por 6/3 6/0.

"Foi um jogo bem complicado, estava me sentindo bastante desconfortável no meu saque, tava com pouco primeiro saque, acho que deveria não ter deixado ele sair com muita diferença no placar no começo para ele sentir um pouco a pressão, mas não consegui fazer isso me nenhum momento. No primeiro set tive uma chance, mas cometi erros no começo do set. Depois de ganhar o primeiro ele saiu quebrando no segundo, ele estava confortável, não consegui achar nenhum buraco no jogo dele, estava completamente dominado, não achei nenhuma saída. Ele é muito sólido, todas as bolas dele me machucavam bastante", lamentou o campineiro que trocou da raquete Prestige, da HEAD, por um modelo da Babolat: "Na verdade não fiz a pré-temporada, eu peguei Covid, depois influenza, não consegui fazer a pré-temporada para a Austrália, bati quatro dias e fui para lá. Consegui treinar nas duas últimas semanas fortes tentei chegar o mais preparado possível, mas não mostrei meu tênis hoje, estava bem complicado. Acabei tendo essa escolha de trocar de raquete junto com meus treinadores, tava tendo problemas com meu punho esquerdo desde outubro me incomodava bastante, a Prestige acabava machucando muito meu punho e essa que estou está mais confortável, tenho me sentido bem com ela. Isso não justifica a derrota de hoje, mas apesar da derrota saio de cabeça erguida e com muita vontade de trabalhar mais, chegar em um nível mais alto".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários