Na véspera do jogo contra o PSG, Rodrygo confia em duelo equilibrado e diz: 'Me sinto um atleta importante'
João Brandão*
Na véspera do jogo contra o PSG, Rodrygo confia em duelo equilibrado e diz: 'Me sinto um atleta importante'


Em cinco jogos disputados pela Champions League, Rodrygo já balançou as redes duas vezes, distribuiu duas assistências e tem sido peça fundamental no Real Madrid de Carlo Ancelotti. Em entrevista ao LANCE! , o atacante merengue comentou sobre o confronto contra o PSG, nesta terça-feira, às 17h (horário de Brasília), pelo jogo de ida das oitavas de finais.

CONFRONTO CONTRA O PSG

A relação entre os clubes, principalmente nos bastidores, está desgastada devido ao tema Mbappé. O brasileiro disse ser difícil prever se essa tensão será exposta dentro do campo, mas afirmou ter vontade de dar o seu melhor.

> Veja a tabela da Champions League

- É difícil fazer esse tipo de previsão. Só na hora vamos saber, mas certamente será um grande jogo, entre duas grandes equipes. Vamos entrar para fazer o nosso melhor e buscar essa vaga para a próxima fase.

O atleta também não considera uma vantagem o fato de que Paris Saint-Germain tenha diversos jogadores que já vestiram a camisa do Real Madrid, como Sergio Ramos, Keylor Navas e Di Maria, além de outros que já enfrentaram o clube espanhol em várias oportunidades, como Messi e Neymar.

- Assim como alguns deles conhecem bem a gente, nós também conhecemos bem eles e nossa comissão técnica vai nos passar tudo o que for possível. Hoje, todos têm muitas informações dos clubes, independentemente de qualquer situação.

Real Madrid x Galatasaray - Rodrygo

Rodrygo comemora gol na Champions League(Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP)

CHEGADA DE ANCELOTTI

Decisivo em partidas de Champions League, Rodrygo tem sido um coringa no elenco de Carlo Ancelotti, seja começando como titular ou entrando no decorrer das partidas e mudando a cara de um confronto. O camisa 21 comentou sobre o papel que exerce no Real Madrid.

- Todos possuem um papel importante no elenco e a comissão técnica nos passa isso. São muitas competições, jogos importantes, então todos precisar estar preparador em cada momento. Me sinto um atleta importante para o grupo e tenho procurado ajudar da melhor maneira, seja com assistências, gols, correndo e marcando.

O atacante também comentou sobre a relação com o comandante italiano, que reassumiu o clube merengue desde a saída de Zidane.

- A relação com o Ancelotti e toda a comissão é ótima. Desde a sua chegada, ele procurou cobrar o melhor de todos e corrigir. O diálogo é excelente, ele desde o início enfatizou que o meu ataque era bom, mas que precisava aprender melhor a marcar e recompor. Tenho procurado fazer isso.

Em 21 partidas pela Liga dos Campeões, Rodrygo já anotou sete gols e contribuiu com seis assistências. Carlo Ancelotti ainda não decidiu o 11 inicial, uma vez que Benzema se recupera de uma lesão muscular. No entanto, o comandante sabe que pode contar com a cria do Santos e que algo positivo deve sair dos pés do jovem.

*estagiário sob supervisão de Cayo Pereira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários