Chelsea mantém 100% de aproveitamento em partidas que vão para prorrogação ou pênaltis
João Brandão
Chelsea mantém 100% de aproveitamento em partidas que vão para prorrogação ou pênaltis


O Chelsea mantém 100% de aproveitamento em partidas que foram para a prorrogação ou pênaltis na atual temporada ao derrotar o Palmeiras na final do Mundial de Clubes. Kai Havertz foi o responsável por anotar o gol do título dos Blues aos 116 minutos de jogo.

SUPERCOPA DA EUROPA
​No primeiro jogo da temporada, o clube inglês, atual campeão da Champions League, encarou o Villarreal, atual vencedor da Europa League. Após o empate no tempo regulamentar, os Blues derrotaram os espanhóis nas cobranças de pênaltis por 7 a 6.

COPA DA LIGA INGLESA
​Na Copa da Liga Inglesa, o Chelsea encontrou dificuldades para avançar do Aston Villa na 3ª rodada da competição. No duelo, que também terminou empatado por 1 a 1, a equipe de Thomas Tuchel derrotou o time de Birmingham por 5 a 4 nos pênaltis.

Na fase seguinte, mas deste vez diante do Southampton, o roteiro se repetiu da mesma forma. Após o empate por 1 a 1 na partida, sendo que Havertz foi o autor do gol do Chelsea no duelo, o clube venceu os Saints também por 5 a 4 nas cobranças de pênaltis.

COPA DA INGLATERRA
​No último jogo da equipe de Thomas Tuchel antes do Mundial de Clubes, os Blues encararam o Plymouth Argyle pela 4ª eliminatória da FA Cup. Nos noventa minutos, o 1 a 1 persistiu no placar, mas Marcos Alonso decidiu ainda no primeiro tempo da prorrogação.

Uma coincidência é que em todas as partidas em que o Chelsea derrotou os adversários na prorrogação ou nos pênaltis, os jogos terminaram empatados por 1 a 1 no período regulamentar. A história diante do Palmeiras não foi diferente e o resultado se manteve como o histórico mostra, com os ingleses saindo de campo vencedores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários