LANCE! mostra as reações do auxiliar Alex Meschini na vitória do Corinthians sobre o Mirassol
Fábio Lázaro
LANCE! mostra as reações do auxiliar Alex Meschini na vitória do Corinthians sobre o Mirassol


Uma sala destinada ao Centro de Inteligência de Futebol do Corinthians (Cifut) fica ao lado de parte das cabines de imprensa na Neo Química Arena. E na vitória corintiana sobre o Mirassol o setor teve a presença do auxiliar-técnico do clube, Alex Meschini.

Alex assiste jogo do Corinthians na Neo Química Arena

Alex assiste a vitória do Timão contra o Mirassol na sala do Cifut (Foto: Fábio Lázaro/LANCE!)

A reportagem do LANCE! acompanhou as reações do integrante da comissão técnica permanente do Timão, que durante os 90 minutos esteve acompanhado do seu inseparável rádio de comunicação, no qual trocou ideias com membros técnicos da equipe alvinegra que estavam no banco de reservas.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão
> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros na história do Corinthians

Acompanhado de outros três integrantes do Cifut, Alex chegou ao espaço destinado ao Centro de Inteligência alguns minutos antes do apito inicial, passou na cabine de uma das rádios presentes e cumprimentou os jornalistas da emissora, depois disso voltou para o seu local.

Nos primeiros dez minutos de jogo ficou com o rádio na mão, mas não acionou o banco de reservas. Foi bastante observador no início da partida, pouco conversou com os companheiros de comissão e fez comentários sozinhos. As reações de Alex começaram após segundo gol do Corinthians, marcado por Paulinho, após uma linda construção ofensiva.

Depois do Timão ir às redes pela segunda vez, o auxiliar-técnico se soltou. Quando aos 36 minutos da etapa inicial Gustavo Mantuan fez uma linda jogada pelo lado esquerdo e finalizou fraco, perdendo uma grande chance de gol, Alex, que foi um dos grandes meias da história recente do Corinthians, se virou e lamentou bastante.

Em seguida, quando Rodrigo Ferreira entrou forte no mesmo Mantuan, Alex Meschini cantou de cara o cartão amarelo, que foi dado ao jogador do Mirassol pelo árbitro do Mirassol.

Aos 39 minutos do seguindo tempo, quando Paulinho partiu para cima pelo lado esquerdo e errou o último passe para Róger Guedes, Alex fez menção de entender a ideia e explicou para os seus companheiros de estafe.

Alex deixou a sala do Cifut aos 45 minutos do primeiro tempo, antes do início dos dois minutos de acréscimos, e voltou aos dois minutos da etapa final.

Mais comunicativo com os seus companheiros no segundo tempo, segurou o rádio comunicador durante todo o tempo, mas se comunicou com ele apenas no fim do segundo tempo, principalmente quando Fernando Lázaro promoveu uma substituição tripla, com as entradas de Roni, Gustavo Mosquito e Jô no lugar de Giuliano, Róger Guedes e Paulinho.

No fim da partida, o auxiliar técnico foi novamente à cabine da rádio para se despedir dos amigos jornalistas e se dirigiu novamente ao vestiários com os seus companheiros de comissão técnica.

Enquanto o Corinthians não encontra o novo técnico, Fernando Lázaro segue como treinador interino, e Alex Meschini continua fazendo parte da comissão responsável pelas decisões de campo.

Ex-jogador do Timão, campeão da Libertadores com o clube em 2012, o profissional encerrou a carreira em 2016 e chegou ao Timão no início do ano passado para ser coordenador das categorias de base. Em junho, após a chegada de Sylvinho para o comando técnico corintiano, o ex-meia foi alçada à comissão técnica do time profissional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários