Justiça nega recurso e São Paulo deve pagar R$ 25 milhões a empresário
Gabriel Santos
Justiça nega recurso e São Paulo deve pagar R$ 25 milhões a empresário


O São Paulo teve recurso negado pela Justiça no processo movido pelo empresário André Cury. O agente pede R$ 25 milhões por conta de um empréstimo realizado ao Tricolor para a compra do atacante Raniel . A negociação aconteceu em 2019. A informação foi publicada incialmente pelo UOL e confirmada no LANCE! .

+ Veja a situação do São Paulo no Paulistão 2022 e simule os próximos jogos

Cabe recurso do São Paulo no processo, mas mesmo com essa possibilidade, a dívida deve ser executada nos próximos dias. Caso o valor não seja quitado, o Tricolor pode ter bens penhorados e contas bloqueadas.

Em 2019, Cury emprestou R$ 13,7 milhões ao clube paulista para a conclusão da negociação de Raniel. A partir de 2020, o São Paulo realizou um acordo para o pagamento das dívidas de forma parcelada. No entanto, no ano seguinte, mais um acordo foi realizado, e a dívida não foi quitada.

Com juros e correções monetárias, a dívida, que era de pouco mais de R$ 13 milhões, saltou para R$ 25 mi. São Paulo e André Cury ainda tiveram outro processo, desta vez pelas comissões de Ganso e Lucas Pratto, com valores de mais de R$ 12 milhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários