Enderson deixa o Botafogo com o melhor aproveitamento de um treinador do clube no Século XXI
Sergio Santana
Enderson deixa o Botafogo com o melhor aproveitamento de um treinador do clube no Século XXI


Enderson Moreira deixa o Botafogo com um feito praticamente inédito no futebol brasileiro. É um treinador demitido que arranca mais elogios e sentido de 'gratidão' do que críticas por parte da torcida - bem diferente do cenário que ele encontrou quando chegou . Não é por menos: é o treinador com o melhor aproveitamento pelo Glorioso no Século XXI.

+ Alvo do Botafogo, Luís Castro foi o 'verdadeiro pensador' da revolução do Porto nas categorias de base

O técnico deixa o clube com 20 vitórias, sete empates e quatro derrotas em 31 jogos disputados, representando 73% de aproveitamento. O número também representa a melhor marca pessoal na carreira do profissional.



O treinador foi demitido no começo da tarde desta sexta-feira por decisão de John Textor, que entendia que ele não era o nome ideal para guiar o Botafogo no processo de reconstrução na elite do futebol brasileiro. O clube já anunciou a saída dele.

Campeão da Série B do Brasileirão no ano passado, Enderson assumiu o time na 14ª colocação e levantou o troféu com a equipe. Mesmo sem colocar um futebol de encher os olhos, entregou resultados. Não à toa, superou Renê Simões como o melhor aproveitamento do Glorioso no século.

O português Luís Castro, atualmente no Al Duhail, do Qatar, é o favorito do empresário norte-americano para assumir o cargo . As primeiras conversas já foram iniciadas com o profissional.

MELHORES APROVEITAMENTOS DO BOTAFOGO NO SÉCULO XXI

Enderson Moreira (2021/2022) - 73%
Renê Simões (2015) - 66,7%
​Joel Santana (2010) - 64%
Cuca (2007) - 59,9%
Ricardo Gomes (2015/2016) - 59%

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários