Corinthians se pronuncia sobre o caso de agressão policial contra torcedores na Neo Química Arena
Lance!
Corinthians se pronuncia sobre o caso de agressão policial contra torcedores na Neo Química Arena


O Corinthians se manifestou sobre o caso na qual policiais militares agrediram três torcedores corintianos na entrada da Neo Química Arena, antes do duelo contra o Mirassol , pelo Campeonato Paulista .

> GALERIA - Renato Augusto comanda vitória do Corinthians; veja notas

Nas imagens divulgadas pela GloboNews , é possível ver que um dos torcedores desmaiou durante a agressão e teve o seu braço torcido por um policial militar.

De acordo com os três torcedores (dois homens e uma mulher), a agressão começou após o ingresso de um deles ter partido durante a revista policial.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão

Através de uma nota divulgada em seu site, o Timão reafirmou não tolerar qualquer tipo de violência e que está em contato com as autoridades para apurar os fatos. O clube também disse estar em contato com o torcedor agredido e seus acompanhantes, para entender melhor a situação e prestar auxílio.

Veja na íntegra o comunicado emitido pelo Corinthians

"O Sport Club Corinthians Paulista tomou conhecimento de imagens em que um torcedor é contido de forma agressiva em ação de policiais militares na Neo Química Arena antes da partida contra o Mirassol, na última quinta-feira (10).

O clube reitera que não apoia nenhum tipo de violência e que está em contato com as autoridades para a compreensão dos fatos. O Corinthians reforça também seu compromisso com a melhor experiência possível dentro de nosso estádio.

Estamos em busca de contato com o torcedor presente no vídeo e seus acompanhantes, a fim de que possamos entender o ocorrido, atuar com sensibilidade para com nosso torcedor e evitar situações semelhantes no futuro."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários