Os motivos do Flamengo e os desafios de Andreas Pereira, alvo do alto investimento que divide a Nação
Matheus Dantas
Os motivos do Flamengo e os desafios de Andreas Pereira, alvo do alto investimento que divide a Nação


Rápida adaptação, capacidade de retorno técnico e financeiro e postura após o erro que marcará a sua trajetória: esses são alguns dos pontos que foram debatidos internamente e levaram o Flamengo a decidir investir alto para manter Andreas Pereira no elenco profissional. O acordo com o Manchester United (ING) , de R$ 63 milhões, coloca o meia entre os mais caros da história rubro-negra, o que será mais um peso a ser lidado pelo atleta a partir de agora.

+ Flamengo acerta ao desembolsar 10,5 milhões de euros por Andreas? Vote!

CAPACIDADE DE RETORNO

Ofertas, argumentos, conversas in loco e cessões de cada lado fizeram o Flamengo conseguir chegar aos 10,5 milhões de euros pelo jogador, com os Red Devils mantendo 25% do valor uma futura venda, baixando a opção de compra estipulada no empréstimo, de 20 milhões de euros, quase pela metade.

Além disso, a diretoria entende que Andreas , tendo um bom desempenho no Flamengo, poderá se valorizar e, no futuro, ter um valor de venda ainda maior, garantindo retorno técnico e financeiro ao clube. Nas últimas temporadas, o Rubro-Negro tem se notabilizado por operações como essa. Foram os casos do atacante Michael, do zagueiro Pablo Marí e do meia Gerson - relembre aqui!

Andreas Pereira, Filipe Luís e Arrascaeta

Andreas ao lado de Filipe Luís e Arrascaeta (Foto: Gilvan de Souza/CRF)

Com o fim de ciclo aproximando-se para referências do elenco - como Diego, de 36 anos -, o projeto do Flamengo passa por garantir que nomes como Andreas, Arrascaeta, Gabigol e Pedro tenham contratos longos e formem a base do time. Os três citados também têm, ao menos, contrato até 31 de dezembro de 2025.

Leia Também

PRESSÃO A MAIS PELO INVESTIMENTO

Confirmado o valor da transferência, Andreas Pereira se tornará o quarto atleta que o Flamengo mais investiu: R$ 63,1 milhões, de acordo com a cotação atual. Acima dele, apenas Pedro (R$ 102.641 milhões), Gabriel Barbosa (R$ 90.824 milhões) e Arrascaeta (R$ 76.106 milhões), com os valores referentes à aquisição dos respectivos direitos econômicos, conforme balanços do clube.

Esta será uma pressão mais a qual Andreas Pereira terá que se acostumar a lidar. Há exemplos no próprio elenco de como isso "pesa" no dia a dia. Em 2018, Vitinho foi contratado por 10 milhões de euros (R$ 53,9 milhões, na época), tornando-se o jogador mais caro da história do Flamengo naquele momento. O investimento só superado um ano depois, com a chegada de Arrascaeta, e o camisa 11 admitiu que havia tirado um "peso" de suas costas.

Os questionamentos a respeito do desempenho de Vitinho, contudo, seguem acompanhados do valor investido nele, e não deve ser diferente com Andreas.

EM BUSCA DA REDENÇÃO

O erro na final da Libertadores de 2021, no gol de Deyverson que garantiu o título ao Palmeiras, também sempre acompanhará Andreas Pereira. Entre os torcedores, o debate é grande se o clube deveria investir na permanência do jogador responsável pelo, talvez, maior erro individual da história do Flamengo.

Os relatos são de que Andreas ficou muito abalado com o erro, mas parte do seu desejo de permanecer no Flamengo - o que foi fundamental para o desfecho da negociação - vem daí. O atleta quer se redimir e iniciou esse trabalho imediatamente após o final, quando, liberado pelo clube, fez questão de estar em campo na partida seguinte à final , contra o Ceará, no Maracanã.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários