Leila diz que nem assistiu jogo do Chelsea: 'qualquer adversário seria difícil para o Palmeiras'
Lance!
Leila diz que nem assistiu jogo do Chelsea: 'qualquer adversário seria difícil para o Palmeiras'


A presidente do Palmeiras , Leila Pereira, concedeu na manhã desta quinta-feira (10) uma entrevista coletiva no hotel onde o Palmeiras está hospedado em Abu Dhabi e disse que sequer assistiu a vitória do Chelsea por 1 a 0 sobre o Al Hilal, da Arábia Saudita, na última quarta-feira (9), partida que definiu os ingleses como o adversário do Verdão na final do Mundial de Clubes , a ser disputada no próximo sábado (12), às 13h30 (de Brasília).

Segundo a mandatária, não faz diferença quem será o adversário do Verdão, 'porque seria difícil igual'.

- Eu não assisti ao jogo. E sabe por quê? Porque independentemente de quem fosse, nós estamos trabalhando para disputarmos o Mundial de Clubes, com muita humildade, pés no chão e muito trabalho. Para mim, tanto Chelsea ou qualquer outro clube vai ser um jogo extremamente difícil, eu não tenho dúvidas. É a final de um Mundial. Então você não pode menosprezar absolutamente nenhum time e nós sabemos disso.

Questionada sobre a sua relação com a torcida, Leila disse que já esperava ser criticada, afinal ela lida com paixão, que respeita a opinião de todos e que se existe uma certeza, é a de que ela faz apenas o melhor para o Verdão.

- Eu entendo o torcedor. Mas não administro o Palmeiras olhando redes sociais ou olhando a opinião do torcedor. Futebol é paixão. Eu, como torcedora, posso estar apaixonada, mas perder a razão nunca. Vou fazer o que é melhor para o Palmeiras. Receberei críticas, mas não tenho problemas. Nós tivemos algumas cobranças, mas isso faz parte. Sou presidente do maior campeão do Brasil. O torcedor tem toda a razão em criticar, opinar, mas cabe a mim defender o que é melhor para o clube.

– Não me surpreendeu, porque eu entendo o torcedor. Mas não administro o Palmeiras olhando redes sociais ou olhando a opinião do torcedor. A opinião eu respeito, porque também sou torcedora, futebol é paixão. Eu, como torcedora, posso estar apaixonada, mas perder a razão nunca. Vou fazer o que é melhor para o Palmeiras. Receberei críticas, mas não tenho problema com críticas. Nós tivemos algumas cobranças, mas isso faz parte. Sou presidente do maior campeão do Brasil. O torcedor tem toda a razão em criticar, opinar, mas cabe a mim defender o que é melhor para a Sociedade Esportiva Palmeiras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários