Garçom: Daniel Borges supera número de assistências de 2021 e lidera Botafogo no quesito em 2022
Sergio Santana
Garçom: Daniel Borges supera número de assistências de 2021 e lidera Botafogo no quesito em 2022


Um dos destaques do Botafogo em 2022 aparece de forma 'silenciosa'. Sem alarde e muito menos holofotes, Daniel Borges continua com a confiança de Enderson Moreira e, mesmo com quatro jogos disputados na temporada, já superou o número de assistências dadas no ano passado. O camisa 20 é uma das armas contra o Fluminense, às 20h desta quinta-feira, pelo Carioca.

+ Fluminense x Botafogo: prováveis times, desfalques e onde assistir ao jogo do Carioca

O lateral-direito tem três assistências em quatro jogos pelo Glorioso no ano. Em 2021, foi apenas um passe para gol. A marca foi triplicada em apenas quatro compromissos na temporada.



Com a lesão de Rafael, que rompeu o tendão de Aquiles na estreia do Botafogo , Daniel assumiu a responsabilidade na lateral-direita. A pressão é grande, claro, já que o camisa 7 foi a grande contratação do Alvinegro no ano passado e, após um trabalho físico, estaria em melhor forma para 2022.

O camisa 20 é um dos jogadores de confiança de Enderson Moreira. Contratado para a Série B do ano passado após atuar pelo Mirassol, ele foi adquirido em definitivo por ter batido metas . Uma das figuras centrais do título da segunda divisão do Brasileirão, ele parece manter o mesmo ritmo - ou algo até melhor - nesse começo de 2020.

O posicionamento de Daniel é mais defensivo . Com Enderson, ele é encarregado de se juntar aos zagueiros em uma linha de três na saída de bola para ajudar na criação de jogadas. Mesmo longe da fase decisiva do campo, ele tem aparecido mais no terço final ao fazer trocas com Fabinho, que eventualmente cobre o setor do defensor, permitindo o avanço.

Não à toa, duas das assistências de Daniel Borges foram em jogadas de ultrapassagem pelo lado direito. Ao ocupar o corredor, achou passes rasteiros para Felipe Ferreira, contra o Bangu, e Matheus Nascimento, diante do Madureira. A outra assistência veio de uma cobrança de escanteio para Kanu, também na partida contra o Tricolor Suburbano.

​A maior marca pessoal da carreira de Daniel Borges veio em 2020, quando somou seis assistências - duas pelo Mirassol, no Paulista, e quatro com o América-MG, no decorrer do ano. O lateral percorreu metade do caminho pelo Botafogo e, inclusive, lidera a estatística do Alvinegro na temporada. Contra o Fluminense, esses números serão colocados à prova.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários