Exclusivo ao L!, Ramires diz que vê elenco do Palmeiras com nível de time europeu
Alexandre Guariglia e Rafael Ribeiro
Exclusivo ao L!, Ramires diz que vê elenco do Palmeiras com nível de time europeu


Único jogador na história a defender Palmeiras e Chelsea, que se enfrentam no próximo sábado (12), às 13h30 (de Brasília), pela decisão do Mundial de Clubes , Ramires elogiou os ex-companheiros de Verdão e afirmou em entrevista exclusiva ao LANCE! que vê o atual elenco alviverde com nível europeu.

- Com certeza o Palmeiras tem jogadores brilhantes, que não deixam a desejar em relação a nenhum time da Europa.

O ex-volante de Verdão e Blues faz uma análise altamente positiva dos ex-companheiros e suas qualidades individuais.

- O Dudu é um jogador excepcional, que dispensa comentários. O Weverton é um dos melhores goleiros do mundo, além do (Raphael) Veiga e o Rony, que também tem muita qualidade.

Um dos principais destaques do Verdão para Ramires, contudo, é o jovem meia Danilo. O camisa 28 palmeirense foi promovido das categorias de base quando o ex-volante ainda estava no clube. E já então chamou sua atenção pela qualidade.

- O Danilo é um menino que eu vi crescer e que eu sabia que ia dar frutos.

Mas o maior nome do Palmeiras para Ramires não poderia ser outro senão o técnico Abel Ferreira. O ex-volante, que disputou as Copas do Mundo de 2010 e 2014 com a Seleção Brasileira, é admirador do português e o aponta como o principal diferencial do clube para conquistar o inédito título mundial.

- Eu vejo como o forte do time mesmo a questão coletiva. O Abel consegue criar essa sinergia e montar um time que sabe o que tem que fazer em campo. É esse ao meu ver o grande diferencial dessa equipe.

Atualmente morando em Barra do Piraí (RJ), sua cidade natal, Ramires admite que sua passagem pelo Verdão foi aquém do esperado. Entre 2019 e 2020, foram 45 partidas disputadas e um gol marcado. Teve o contrato rescindido após comum acordo entre as partes por motivos oficiais que permanecem sigilosos. Mesmo com o pouco tempo de clube, contudo, conseguiu ganhar os títulos do Paulistão, Libertadores e Copa do Brasil de 2020.

Além dos títulos, entretanto, o ex-volante aponta que a oportunidade de trabalhar com Abel é algo que marcou sua passagem pelo Alviverde. Segundo ele, o português deu a força necessária para que os ex-colegas pudessem chegar ao histórico bicampeonato seguido da Copa Libertadores.

- Com certeza eu acreditava que isso era possível porque eu via o comprometimento de todos e, principalmente, o trabalho do Abel. Ele é um cara sensacional, que chegou com boas ideias, com valores que todo jogador admira em um treinador, e eu sabia que o grupo ia comprar a luta dele, como vinha acontecendo até a minha saída.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários