Após voltar aos ringues em grande forma, Rogério Minotouro afirma: 'Tive só 20 dias de preparação'
Lance!
Após voltar aos ringues em grande forma, Rogério Minotouro afirma: 'Tive só 20 dias de preparação'


Medalhista de bronze no Pan-Americano de 2007 no boxe e atleta no hall de imortais do MMA brasileiro, Rogério Minotouro viveu como um iniciante a experiência no Fight Music Show, realizado no último dia 30 de janeiro, em Balneário Camboriú (SC). Em luta franca contra Leonardo “Leleco” Guimarães, o baiano deu show e protagonizou um dos duelos mais movimentados do card, que teve o aguardado confronto entre Whindersson Nunes e Acelino Popó:



- Eu tive só 20 dias de preparação. Se não me engano, eu fiz quatro sparrings para essa luta, 'zerado' no gás. Eu sabia que seria uma luta muito dura, contra um cara mais novo, muito forte, que vinha no ritmo. Foi um lutaço, um grande espetáculo - Destacou Minotouro, que aos 45 anos venceu ‘Leleco”, de 39, na decisão dos juízes do evento,



Aposentado desde junho de 2020, quando enfrentou Maurício Shogun no UFC, Rogério experimentou novas sensações atuando no Fight Music Show. Retornar aos ringues em solo brasileiro foi considerado especial para o lutador, ainda mais em um evento amplamente comentado pelo público, cuja proposta de entretenimento chamou a atenção do atleta.



- Me lembrou a atmosfera de Las Vegas (EUA). O Brasil tem uma certa carência de um evento desse nível, de padrão internacional. Foi uma festa, um show lotado. Eu vivi o início do Pride, o UFC… e agora é uma fase diferente da minha carreira. Voltar ao boxe depois de tantos anos é um presente de Deus pra mim - Exaltou Minotouro.



Dono de currículo invejável e apaixonado pelo pugilismo, o atleta nascido em Vitória da Conquista (BA) não descarta voltar a atuar em eventos do tipo para um futuro próximo. Ao longo de duas décadas de sua bem-sucedida carreira, Minotouro protagonizou grandes duelos, vencendo nomes lendários do esporte como Tito Ortiz, Dan Henderson, Rashad Evans e Alistair Overeem. Ao todo, Rogério conquistou 23 vitórias em 33 lutas, marcando seu nome na história do MMA brasileiro e mundial.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários