Tite, sobre Seleção 'poupar' atletas do Real Madrid diante do Paraguai: 'Existem bom senso e discernimento'
Lance!
Tite, sobre Seleção 'poupar' atletas do Real Madrid diante do Paraguai: 'Existem bom senso e discernimento'


O técnico Tite foi veemente ao falar sobre a possibilidade de, nesta terça-feira (1), deixar atletas do Real Madrid no banco de reservas da Seleção Brasileira diante do Paraguai. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (31), o comandante inicialmente descartou "acordo de cavalheiros" com o clube merengue.

- Nenhum acordo institucional existe. Existe bom senso e existe capacidade de olhar calendários, saber que dia joga um, que dia joga outro. Tenho que ter discernimento. Saber que o PSG joga no dia 5, o Real joga dia 4 (na verdade, dia 3). É meio incompreensível o cara jogar dia 1 pra 2 na Seleção e jogar depois na Copa do Rei. A gente não pode arrebentar um atleta. Tem de ter um discernimento - disse.

De acordo com o "GE", o clube espanhol teria entrado em contato para pedir que Casemiro e Vinicius Júnior ficassem no banco ao lado de Rodrygo. O Real enfrenta na quinta-feira (3) o Athletic Bilbao, pelas quartas de final da Copa do Rei.

Em seguida, o comandante da Seleção enfatizou sua posição ao ser perguntado sobre a dupla Casemiro e Vinicius Júnior.

- Discernimento, bom senso, capacidade, moral, tudo o que envolve a parte de estrutura quanto caráter - afirmou.

Já classificado para o Mundial-2022, o Brasil enfrenta o Paraguai às 21h30 no Mineirão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários