Palmeiras recusa nova investida do Ajax por Giovani e vê janela fechar sem perder jogadores
Rafael Ribeiro
Palmeiras recusa nova investida do Ajax por Giovani e vê janela fechar sem perder jogadores


A diretoria do Palmeiras resistiu, manteve a palavra de que não venderia nenhuma peça do atual elenco antes do Mundial de Clubes e recusou todas as ofertas recebidas por seus atletas, vendo a janela de transferências europeias fechar nesta segunda-feira (31) sem perder ninguém considerado fundamental para os planos do técnico Abel Ferreira.


A sondagem mais forte foi a do Ajax, da Holanda, sobre o meia Giovani, um dos destaques da inédita conquista da Copa São Paulo de juniores.

Na última semana, o negócio estava encaminhado entre o clube europeu e o estafe do atleta. Uma oferta de 12 milhões de euros (cerca de R$ 71,5 mi) foi feita ao Verdão. E acabou recusada.

Segundo o LANCE! apurou, neste último dia de janela o Ajax voltou à carga. Logo pela manhã representantes dos holandeses aumentaram a proposta para 16 milhões de euros (aproximadamente R$ 95,3 mi). E de novo o time alviverde recusou. É o mesmo valor pelo qual conseguiram comprar os direitos do ponta Anthony junto ao rival São Paulo.

À reportagem, pessoas de dentro do clube apontaram que o Palmeiras tem planos ambiciosos para Giovani. Ele deve integrar o elenco profissional após a disputa do Mundial de Clubes.


O próprio Abel, que recentemente disse publicamente que as revelações da Copinha não teriam espaço de imediato entre os titulares, teria conversado pessoalmente com Giovani elogiando suas características. Por conta disso o atleta aceitou a recusa do Verdão em liberá-lo. E topou até mesmo aceitou renovar o contrato até o final de 2026 com multa rescisória de 60 milhões de euros (cerca de R$ 387 mi).

No final do ano passado, o Verdão já havia recusado uma oferta de 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 47,7 mi) do grupo City pelo jogador, que seria usado inicialmente em uma das equipes do conglomerado visando um dia chegar no Manchester City, da Inglaterra.

O Palmeiras aposta no sucesso de Giovani e topa negócio na próxima janela de transferências com um clube do segundo escalão europeu, segundo apurou o L! , desde que mantenha parte dos direitos federativos para lucrar na revenda. A situação foi explicada aos holandeses.

A postura do Verdão com Giovani não significa que não haverá saídas. O L! levantou que o clube não renovará o contrato do lateral-direito Lucas Sena, que acabou nesta terça. O jogador, reserva na Copinha, estoura a idade limite para competições de base e não há espaço no plantel profissional. O titular da posição, Garcia, deve ser promovido por Abel.

A comissão técnica também definiu que emprestará o volante Pedro Bicalho, também fora dos planos do comandante português, para que ganhe experiência em outro time.

TABELA

> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Confira o caminho do Verdão no Mundial de Clubes-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários