Empresário Antônio Mandarrari lista ensinamentos tirados da luta entre Popó e Whindersson
Lance!
Empresário Antônio Mandarrari lista ensinamentos tirados da luta entre Popó e Whindersson


A luta entre Acelino Popó e Whindersson Nunes atraiu não só a atenção dos fãs de boxe e de outras modalidades de combates, como também de milhões de pessoas de fora do nicho da luta. O empresário Antônio Amâncio do Nascimento Neto, conhecido Mandarrari, embarcou num jatinho para viajar da Paraíba a Santa Catarina para assistir ao duelo in loco. Para ele, o combate não se resumiu apenas à óbvia superioridade do tetracampeão mundial sobre o youtuber, mas também para passar uma mensagem.

"Foi uma prova de que é possível enfrentar os obstáculos que estão entre sonhar e realizar. O Whindersson aguentou oito rounds contra Popó e não foi ao nocaute. É algo real que serve para inspirar a vida da gente", destacou o criador do curso de trade esportivo "Lance Milionário".

A analogia entre a superluta e a vida não para por aí. Mandarrari atentou para outro ensinamento importante que pode ser implementado independentemente da área de atuação.

"Você pode querer bater de frente com o melhor, você pode se esforçar, treinar; mas o melhor é o melhor por algum motivo. O que o Whindersson queria? Em alguns meses, chegar ao nível de resiliência, resistência e força que o Popó levou anos para ter? Essa redução do processo não existe, você tem que respeitar o tempo da outra pessoa", sugeriu.

Em relação aos negócios, o paulista radicado na Paraíba diz que vê com bons olhos este novo fenômeno que une celebridades da internet e atletas profissionais.

"É bom começar a prestar atenção neste mercado, que é grande, movimenta muito, é respeitado nos EUA e em outros países. O mercado brasileiro tem que ver isso com carinho, pois gera alta liquidez em marketing e em outras operações", exaltou.

Vale ressaltar que, em menos de 24 horas após a luta, Acelino Popó pulou de 600 mil para quase 2,5 milhões de seguidores no Instagram, provando a eficiência da ação como marketing.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários