Com tecnologia inovadora, torcedores passam a acessar estádio com a camisa como 'ingresso'
Lance!
Com tecnologia inovadora, torcedores passam a acessar estádio com a camisa como 'ingresso'


Às vezes não percebemos, mas tudo em nossa vida é regido por chips. Essa pequena lâmina miniaturizada nos acompanha desde o momento em que acordamos até a hora de dormir e pode revolucionar mais um mercado: o de acesso a eventos. Isso porque, agora, um chip instalado em uma camisa está ajudando torcedores a entrarem em estádios de futebol.

A tecnologia, nomeada Future Pass, é fruto de uma parceria entre a Total Player, a Alluri Sports e a Companhia Ipiranga de Futebol, e já está sendo usada até mesmo no Campeonato Paulista desse ano, com a Internacional de Limeira. E a inovação não poderia ser mais simples: um chip, esse sim complexo, implantado em uma camisa oficial da equipe é o que basta para um torcedor ocupar seu lugar na arquibancada.

- Depois de muita pesquisa e testes, chegamos em um chip que pode ser implantado no tecido, de um modo prático e duradouro. Esse chip, ao entrar em contato com a catraca ou outro tipo de leitor faz a validação através de nosso sistema - explicou o fundador da Total Player, Calucho Jamelli, que gerencia a empresa ao lado de seu irmão, o ex-jogador Paulo Jamelli.

- Nossa empresa sempre trabalha pensando no "mundo real". Temos muita expertise no dia a dia e operação de eventos, e sabemos que essa é uma ótima ideia. E o mais importante é que algo assim, caso tenha um valor agregado alto ou uma operação muito trabalhosa, não fecha a conta, e não é o caso desse chip. É algo com um preço que surpreende, ainda mais quando se reflete na economia na operação geral - completou Jamelli.

Com discurso semelhante, o CEO da Inter, Thiago Gasparino, recebe com bons olhos a nova tecnologia, que torna a equipe do interior de São Paulo uma das pioneiras no uso.

- A Inter procura inovar a cada dia em todos os setores. Aplicar tecnologia ao nosso manto para o acesso à nossa casa, o Limeirão, significa mais agilidade no atendimento e mais conforto ao torcedor. A experiência na estreia foi muito bem aceita - explicou Gasparino.

O motivo de a tecnologia ter chances de revolucionar o mercado é o fato de que ela não precisa se limitar ao futebol, ou até mesmo ao esporte como um todo. Torcedores de equipes de outras modalidades podem ingressar às arenas e ginásios da mesma forma, e até mesmo em shows, eventos com traje oficial e outras possibilidades.

- A praticidade na operação é um grande destaque, já que a pessoa precisa somente de sua camisa para acessar o local. E apesar de nosso DNA ser o esporte, o chip pode ser implantado em qualquer peça. Pensando nisso, temos um produto pronto para ser utilizado em uniformes escolares, em trajes de empresas para controle de ponto, em itens para um camarote exclusivo em um show, e até mesmo no carnaval, como em um abadá - explicou Calucho, que completou:

- Acredito que muitos clubes e outros segmentos irão adotar essa tecnologia em breve, principalmente por sua facilidade. E o Future Pass da Total Player está pronto para isso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários