Defesa dá bobeira e Santos perde para o Botafogo-SP na Vila Belmiro
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Defesa dá bobeira e Santos perde para o Botafogo-SP na Vila Belmiro


Depois de empatar sem gols contra a Internacional, em Limeira, na estreia do Campeonato Paulista, o Santos recebeu o Botafogo-SP neste sábado, na Vila Belmiro, em busca da primeira vitória. Não conseguiu, e deixou a Vila derrotado por 1 a 0.

O gol do jogo foi marcado no início do segundo tempo, em falha coletiva da defesa santista, que não prestou atenção a uma cobrança rápida de lateral do time do interior.

O Santos agora encara dois desafios seguidos fora de casa, e o primeiro deles será um clássico, marcado para quarta-feira, 2 de fevereiro, diante do Corinthians, na Neo Química Arena. Na sequência o desafio será diante do Guarani, domingo, em Campinas.

O jogo

O Santos começou a partida em cima do Botafogo, empurrado pela torcida e no ritmo de Ângelo, que herdou a camisa 11 de Marinho, recebeu a benção de Neymar e mostrou estar disposto a honrar o manto que tantos craques já vestiu.

Ângelo foi o principal atacante do Santos no primeiro tempo e, em uma jogada sua, por pouco não saiu um gol de cabeça de Zanocelo, que subiu, mas não alcançou o cruzamento fechado do Menino da Vila.

As duas primeiras chances da primeira etapa, no entanto, foram do Botafogo, que parou nas mãos milagrosas do goleiro João Paulo em duas oportunidades. Primeiro em chutaço de Jean Victor, e depois em cabeçada de Diego Guerra.

O Santos respondeu com Lucas Braga e Camacho e, assim como o time do interior, parou nas mãos do goleiro adversário, Deivity, que fez boas defesas e garantiu o 0 a 0 até a descida para o intervalo.

2º tempo

A toada para o segundo tempo foi praticamente a mesma, com o Botafogo tentando aproveitar os poucos erros do Santos e o Peixe apostando as fichas no talento de Ângelo. Só que, desta vez, o erro santista foi fatal.

O lado direito da defesa cochilou após batida rápida de lateral, Dudu bateu forte para a área e Matheus Carvalho, de biquinho, superou João Paulo: 1 a 0.

Leandro Silva mandou a campo Sánchez, Bruno Oliveira e Léo Baptistão, abrindo mão do esquema com três zagueiros e mandando o Santos ao ataque nos 15 minutos finais.

Léo Baptistão chegou até a marcar o gol de empate, mas o auxiliar anulou por impedimento, e o VAR confirmou, decretando a primeira derrota do Peixe no Paulistão 2022.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 1 BOTAFOGO-SP


Data e hora: 29 de janeiro, às 11h (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon (SP) e Luiz Claudio Regazone (SP)
Árbitro de vídeo: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Cartões amarelos: Marlon (Botafogo)
GOLS: Matheus Carvalho (0 x 1), aos 16 minutos do 2º tempo

SANTOS: João Paulo; Emiliano Velázquez (Bruno Oliveira), Luiz Felipe e Eduardo Bauermann; Madson, Camacho, Zanocelo (Sánchez), Marcos Guilherme e Lucas Braga; Ângelo e Marcos Leonardo. Técnico: Leandro Silva

BOTAFOGO-SP: Deivity; Diego Guerra, Joseph e Joaquim; Marlon (Djalma), Fillipe Soutto, Emerson, Rafael Tavares (Mantuan) (Bruno Michel) e Jean Victor; Luketa (Matheus Carvalho) e Dudu (Thiago Reis). Técnico: Leandro Zago

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários