São Paulo estreia na temporada com dois tempos distintos
Gabriel Santos
São Paulo estreia na temporada com dois tempos distintos


O São Paulo perdeu para o Guarani por 2 a 1, em Campinas, na estreia no Campeonato Paulista. E o revés foi marcado por dois tempos distintos do Tricolor, que quase não assustou na primeira etapa, mas criou algumas chances no templo complementar.

+ Veja o caminho do São Paulo no Campeonato Paulista 2022

Rogério Ceni começou a partida com um meio formado por Gabriel como primeiro volante, acompanhado de Gabriel Sara e Alisson na armação das jogadas. Já o trio de ataque foi formado por Nikão na direita, Rigoni aberto na esquerda e Calleri como centroavante.

O primeiro tempo foi fraco nas construções ofensivas. Tanto que o Tricolor chutou apenas duas vezes ao gol do Guarani, sendo que a finalização saiu errada. Apesar de ter mais posse de bola, com 59% nesse tempo, quem mais ficava com ela eram os defensores, ainda no campo de defesa, com lentidão para o ataque.

Já na segunda etapa, com o placar desfavorável, o São Paulo se lançou mais ao ataque. Das 14 finalizações do Tricolor na partida, 12 foram nos últimos 45 minutos. O segundo tempo foi com 74% de posse de bola do Tricolor, que apostava nas jogadas pelas pontas.

Vale destacar também as boas partidas de Alisson, que se movimentou bastante nos setores de meio e ataque e a boa entrada de Patrick, que deu assistência para o gol de Calleri.

Claro que é começo de temporada, cedo para tirar conclusões. Mas Rogério Ceni precisará melhorar a transição ofensiva do São Paulo para o próximo desafio, contra o Ituano, no domingo (30), às 16h, no Morumbi.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários