Brasileira sofre acidente de carro e está fora das Olimpíadas de Inverno
Lance!
Brasileira sofre acidente de carro e está fora das Olimpíadas de Inverno


Bruna Moura, representante do Brasil no esqui cross country nos Jogos Olímpicos de Inverno, sofreu um grave acidente na manhã desta quinta-feira e está fora da competição. À caminho do aeroporto de Munique para viajar a Pequim, local da Olimpíada, Bruna se envolveu em um acidente de carro e fraturou os dois pés, um braço, três costelas e o ombro esquerdo. A atleta estava no banco de trás, enquanto o motorista faleceu na hora.

> Whindersson Nunes e Popó protagonizam série de eventos na semana do FMS

A brasileira de 27 anos testou positivo para Covid-19 na semana passada, no mesmo dia da convocação às Olimpíadas de Inverno, e teve que ficar de quarentena na Áustria, país onde estava competindo pela vaga. Nesta quinta-feira, Bruna estava indo em direção ao aeroporto de Munique, na Alemanha, para viajar a Pequim, local da competição, e sofreu o acidente de carro.

- Eu estava sentada no banco de trás e com o cinto de segurança, os médicos falaram que foi isso que me salvou. Eu não vou para as Olimpíadas de Inverno dessa vez, mas eu estou viva - disse Bruna Moura.

Seria a primeira Olimpíadas de Inverno de Bruna Moura. Para o lugar de Bruna, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) convocou Eduarda Ribera, que ficou em terceira colocação entre as brasileiras que disputaram as duas vagas femininas do Brasil no esqui.

Vale ressaltar que o acidente com Bruna acontece exatamente oito anos depois de outro acontecimento marcante no esporte de neve brasileiro. Em 2014, na véspera das Olimpíadas de Inverno de Sochi, a brasileira Laís Souza sofreu um acidente de esqui que a deixou tetraplégica.

VEJA A NOTA OFICIAL DO COMITÊ OLÍMPICO BRASILEIRO

"O Comitê Olímpico do Brasil (COB) informa que Bruna Moura, convocada para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Pequim 2022, no esqui cross-country, sofreu um acidente automobilístico próximo à cidade de Obervintl, na Itália. A atleta seguia para a Alemanha, após um período de treinos na Áustria, onde faria os testes RT-PCR exigidos para entrada na China.

Bruna sofreu fraturas na ulna (osso do antebraço) e nos pés e se encontra hospitalizada. O COB e a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) estão prestando todo o suporte à atleta.

Com a impossibilidade do embarque imediato para Pequim, COB e CBDN convocaram para o seu lugar a atleta Eduarda Ribera, terceira colocada entre as atletas que disputaram as duas vagas femininas do Brasil na modalidade. Duda já vinha cumprindo os protocolos exigidos pelo Comitê Organizador e deve embarcar para a China nesta sexta, 28."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários