Tio de Diego Costa diz que Corinthians desistiu do atacante após reação negativa da torcida
Rafael Marson
Tio de Diego Costa diz que Corinthians desistiu do atacante após reação negativa da torcida


Desde o começo da janela de transferência, o principal objetivo do Corinthians é contratar um centroavante de peso. Após negociações sem sucesso com Cavani , o clube iniciou conversas com Diego Costa , e o acerto parecia encaminhado, mas acabou não acontecendo. Na tarde desta quarta-feira (26), o tio do atleta esclareceu a situação.

> GALERIA: Renato Augusto e Willian são os melhores do Timão em estreia

Segundo Jogner Costa, a Taunsa, empresa parceira e que está ajudando o Corinthians na busca por um atacante, fez uma pesquisa para ver a aprovação de Diego Costa com os torcedores do Timão, e o resultado não foi satisfatório. Dessa forma, eles recuaram na negociação.

- Maior prazer de jogar no Corinthians. Quando foi para assinar, a empresa deu para trás, e Duilio disse que a empresa tinha feito uma pesquisa e que a torcida não queria Diego Costa no Corinthians. Essa é a realidade. Diego ficou chateado. Eles deram para trás e não quiseram assinar. A empresa não quis - afirmou Jogner Costa nos stories do Instagram.

O tio do atleta ainda esclareceu os rumores envolvendo a família de Diego, e completou dizendo que o Palmeiras nunca fez contato.

> TABELA: Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

- Hoje sim posso falar, tenho a resposta. Qual jogador brasileiro não quer Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Flamengo, etc? A família do Diego é toda de Sergipe. Ficou com ele quando esteve no Atlético-MG. Mentira da mídia que a família queria ficar na Europa. Ela quer ficar onde ele está jogando. Sempre o acompanhou, com o maior prazer. Agora, quando estava tudo certo, Diego na animação para jogar no Corinthians, falei sobre ser palmeirense. Ele disse que o Palmeiras nunca fez contato - disse.

A versão apresentada por Jogner contraria o que foi afirmado pelo presidente do Timão, Duílio Monteiro Alves, onde o mandatário deixou claro que os salários exigidos por Diego Costa fizeram o clube desistir do negócio .

- Se quer jogar no Corinthians, vamos conversar. Se não, não vamos. Querer jogar no Corinthians com salário de Arábia é não querer jogar aqui. Estamos na nossa economia, nosso câmbio, real desvalorizado. O Corinthians não fez proposta para o Diego e ficou aguardando. Não, o Corinthians escutou, depois da rescisão, o que ele pretendia para jogar aqui - afirmou Duílio ao portal "ge" quando confirmou que o clube não contrataria Diego.

Mesmo sem conseguir contratar Cavani ou Diego Costa, a diretoria do Corinthians segue de olho no mercado para reforçar a posição de centroavante.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários