Em noite inspirada dos goleiros, Náutico e Campinense empatam sem gols pela Copa do Nordeste
Futebol Latino
Em noite inspirada dos goleiros, Náutico e Campinense empatam sem gols pela Copa do Nordeste


Estreando pela Copa do Nordeste, Náutico e Campinense mediram forças na noite desta terça-feira, no estádio dos Aflitos. Apesar da partida movimentada, os goleiros Mauro Iguatu e Lucas Perri não permitiram que o placar fosse movimentado frustração dos dois lados.

Com o resultado, a equipe comandada por Hélio dos Anjos conquistou seu primeiro ponto ficando na 4ª posição do Grupo B, enquanto o time treinado por Ranielle Ribeiro somou o mesmo número de pontos, porém ficando na vice-liderança do Grupo A.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

BOM INÍCIO DO POR PARTE DO NÁUTICO

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Náutico não quis saber de ser surpreendida pelo Campinense. Com isso, até meados dos 15 minutos, criou as melhores chances sendo elas com Rhaldney, com o goleiro Mauro Iguatu fazendo boa defesa, além de Robinho que quase conseguiu abrir a contagem nos Aflitos, porém viu sua finalização ser salva em cima da linha pelo defensor da Raposa.

TIMBU SEGUIA MELHOR, MAS INVESTIDAS NÃO SURTIAM EFEITO

Na sequência, o time pernambucano continuou ditando o ritmo em campo até meados dos 30 minutos. Sem sofrer investidas dos visitantes, com exceção ao chute de Olávio que assustou, o alvirrubro aproveitou os espaços em campo. Sendo assim, quase conseguiu com Hereda em uma bonita finalização, mas novamente o arqueiro Iguatu mostrou-se atento e conseguiu fazer a defesa.

Na reta final da etapa, o camisa 1 da Raposa garantiu o empate parcial fazendo uma bonita intervenção, desta vez na tentativa de Djavan, sendo esse o último lance de perigo antes do árbitro encerrar a primeira etapa.

INÍCIO DE SEGUNDO TEMPO LENTO

Com as equipes voltando, nenhum dos dois treinadores optou por mudanças no esquema tático. Até meados dos 12 minutos, poucas foram as chances criadas, com a bola rolando sendo interrompida pelo número de faltas.

Entretanto, aos poucos, o Campinense, que praticamente não produziu lances de perigo na primeira etapa, mudou sua postura e foi pra cima. Em três tentativas seguidas, Lucas Perri salvou o Náutico de ficar em desvantagem, animando os visitantes.

MUDANÇAS E RETA FINAL DE CONFRONTO

Vendo o tempo passar, e o placar ainda zerado, os dois comandantes então promoveram algumas substituições. Pelo lado do Timbu, Kauan Maranhão e Waguinho foram os escolhidos para entrar, enquanto pelo lado da Raposa, Emerson, Juninho e Caíque foram as apostas de Ranielle Ribeiro.

Até os acréscimos dados pela arbitragem, apesar das últimas fichas apostadas pelos treinadores, o Campinense ainda tentou até o fim, porém acabou parando nas defesas de Lucas Perri, encerrando o duelo com o placar zerado nos Aflitos.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 0x0 CAMPINENSE

Data e horário: 25/01/2022, às 20h (de Brasília)
​Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)
Árbitro: Luciano da Silva Miranda Filho (CBF/CE)
Assistentes: Renan Aguiar da Costa (CBF/CE) e José Moracy de Sousa E. Silva (CBF/CE)

Cartões Amarelos: Ewandro, 42'/1ºT; Rafinha, 4'/2ºT; Djavan, 7'/2ºT

NÁUTICO: Lucas Perri; Hereda, Rafael Ribeiro, Carlão e Jr. Tavares; Djavan, Rhaldney (Wagninho, aos 29'/2ºT) e Juninho Carpina (Vinícius Carpina, 32'/2ºT); Ewandro (Thássio, 32'/2ºT), Robinho (Kauan Maranhão, aos 29'/2ºT) e Álvaro (Kayon, aos 17'/2ºT).
(Técnico: Hélio dos Anjos)

CAMPINENSE: Mauro Iguatu; Felipinho, Vinicius, Cleiton e Felipe Ramon; Rafinha, Serginho Paulista (Patrick Recife, aos 40'/2ºT) e Dione (Juninho, aos 27'/2ºT); Matheus Regis (Emerson, aos 27'/2ºT), Junior Potiguar (Caíque Sousa, 30'/2ºT) e Olávio (Cláudio, aos 40'/2ºT).
(Técnico: Ranielle Ribeiro)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários