GUIA DO CARIOCÃO: Vasco se prepara para a Série B enquanto busca resultados imediatos
Lance!
GUIA DO CARIOCÃO: Vasco se prepara para a Série B enquanto busca resultados imediatos


O Vasco busca o 25º título do Campeonato Carioca, mas novamente entra no Estadual sem que a competição seja prioridade na temporada. O que não quer dizer que a equipe não vá dar atenção ao primeiro torneio do ano. Ao contrário, o técnico Zé Ricardo já disse que o Cruz-Maltino tem a necessidade de obter resultados rapidamente.

Vale ressaltar que o time de São Januário, principalmente por planejamentos duvidosos, ficou fora das semifinais do Campeonato Carioca de 2021 e de 2020. O último título que foi para São Januário foi o de 2016.

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br , preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

A pré-temporada ficou prejudicada pelo atraso na reformulação do departamento de futebol. Resultou na falta de alguns jogadores. O elenco ainda carece de zagueiros e pontas.

Time-base: Thiago Fernandes, Weverton, Ulisses, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara e Matheus Barbosa; Vitinho, Nene e Bruno Nazário; Raniel - Técnico: Zé Ricardo.

VAIVÉM DO VASCO

Quem chegou: Thiago Fernandes (goleiro, CSA), Weverton (lateral-direito, Red Bull Bragantino), Luis Cangá (zagueiro, Delfin-EQU), Anderson Conceição (zagueiro, Cuiabá), Edimar (lateral-esquerdo, Red Bull Bragantino), Yuri Lara (volante, CSA), Matheus Barbosa (volante, Atlético-GO), Vitinho (meia, Corinthians), Bruno Nazário (meia, Hoffenhein-ALE), Isaque (meia, Grêmio), Raniel (centroavante, Santos) e Getúlio (centroavante, Tombense), este ainda não anunciado, mas já certo.

Quem saiu: Lucão (goleiro, Red Bull Bragantino), Fernando Miguel (goleiro, Fortaleza), Fintelman (goleiro, Bangu), Cayo Tenório (lateral-direito, Azuriz-PR), Walber (zagueiro, Novorizontino), Ricardo Graça (zagueiro, Júbilo Iwata), Ernando (zagueiro, Guarani), Zeca (lateral-esquerdo), Romulo (volante), Michel (volante, Grêmio), Andrey (volante, Coritiba), Marquinhos Gabriel (meia), Lucas Santos (meia, Tombense), Morato (ponta, Red Bull Bragantino), Léo Jabá (ponta, PAOK-GRE), Cano (atacante, Fluminense), Daniel Amorim (centroavante, Tombense) e Tiago Reis (atacante, Botafogo-SP).

Quem pode sair: Vanderlei, Leandro Castan, Menezes, Bruno Gomes, Caio Lopes, João Pedro e Kaio Magno

-> Confira a tabela do Campeonato Carioca

OLHO NELE

Raniel foi um centroavante contratado na contramão da linha considerada padrão pelo departamento de futebol do Vasco. Como vem de anos ruins também pelos graves problemas físicos que passou, o jogador emprestado pelo Santos está em baixa.

Contudo, ainda tem apenas 25 anos. Caso tenha saúde, a técnica e a força física que apresentou no Santa Cruz e no Cruzeiro lhe farão, certamente, bastante útil à equipe de Zé Ricardo. Será de nível técnico acima da média. Não tanto quanto Nene, mas acima da média da Série B do Campeonato Brasileiro, por exemplo.

PRIMEIROS JOGOS DO VASCO NO CAMPEONATO CARIOCA

26/1 - 19h - Volta Redonda x Vasco
29/1 - 21h - Vasco x Boavista
2/2 - 21h35 - Vasco x Nova Iguaçu
6/2 - 15h30 - Madureira x Vasco
9 ou 10/2 - Vasco x Portuguesa

OPINIÃO DO SETORISTA (por Felippe Rocha)

O Vasco tem diferentes desafios para o Campeonato Carioca. O primeiro e mais óbvio deles é preparar o time para a Série B do Campeonato Brasileiro. Não será fácil porque o técnico é novo, muitos jogadores saíram, outros chegaram e outros ainda precisam chegar. Para completar, o que é um segundo desafio, a equipe precisa reconquistar a torcida.

Por mais apaixonado que o torcedor cruz-maltino seja, ele está ferido pelos vexames sequenciais de 2021. Além de ter passado longe do acesso na temporada passada, o time, por exemplo, não venceu nos últimos oito jogos que disputou.

Entendo que, com todos os problemas, o time de São Januário chega para a temporada bem menos problemático do que seria plausível. Contratou alguns jogadores em alta , outros com o objetivo de resolver problemas crônicos , mas o setor ofensivo ainda é uma grande dúvida.

Pela versatilidade dos que já estão e por ainda serem necessário dois pontas, estabelecer uma defesa consistente precisa ser o primeiro sinal do time de Zé Ricardo. O repertório ofensivo vai acabar sendo secundário, mesmo que já haja jogadores de técnica reconhecida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários