Bia Maia é dominada por Halep na 2ª rodada do Australian Open
TÊNIS NEWS
Bia Maia é dominada por Halep na 2ª rodada do Australian Open


A romena ex-número 1 do mundo e atual 15ª, Simona Halep, dominou a paulistana Beatriz Haddad Maia, número 1 do Brasil e 83ª do mundo, para se garantir na terceira rodada do Australian Open, onde encara a algoz de Emma Raducanu.

Bia Maia tentou, lutou por 1h06 tentando frear a consistência da romena, mas acabou derrotada em 6/2 6/0 tendo cometido 19 erros não-forçados contra seis de Halep, que disparou 12 bolas vencedoras contra quatro da brasileira, que viu a romena converter os dois aces da partida.

Vindo do título do WTA de Melbourne, Halep chegou a sua sétima vitória consecutiva buscando frear o jogo da brasileira e evitar que Bia tivesse o controle dos pontos. Assim, conquistou quebra já no 2º game, abriu 3/0, forçou a brasileira a salvar três breakpoints no 4º game e conquistou nova quebra no 8º fechando a primeira parcial. O segundo set foi apresentado com muito controle da romena, que jogando solta, aplicou passadas e conquistou quebras para aplicar o pneu na brasileira.

Na terceira rodada do torneio, Halep encara a montenegrina Danka Kovinic, que conquistou a maior vitória de Montenegro em um torneio do Grand Slam ao superar a britânica Emma Raducanu.

'Bia Haddad joga agressivo, sabia o que tinha de fazer', Halep

Após a vitória sobre a brasileira, Halep concedeu entrevista em quadra e comentou o fato de esperar durante todo o dia para fazer o último jogo da programação: "Foi difícil ficar aqui o dia inteiro, me preparei com calma. Mas o jogo anterior (Medvedev x Kyrgios) foi muito bom, eu me diverti acompanhando e isso ajudou a relaxar", explicou.

Halep comentou a tática para enfrentar a brasileira, a quem já havia vencido em Wimbledon 2017: "Ela não jogou tão mal. Eu sabia que ela era muito agressiva, então sabia o que tinha de fazer para conseguir vencê-la".

Na sequência, a romena concedeu entrevista aos canais Eurosports e comentou a sequência de 7 partidas sem perder no ano: "Eu trabalhei duro na pré-temporada. Eu não esperava iniciar o ano assim, mas eu trabalhei pra isso. Hoje foi um grande jogo, senti a bola e a quadra, estava confiante, acho que por isso joguei bem", pontuou.

Halep foi questionada sobre o que mudou com o seu casamento: "Não faz diferença. Meu marido está aqui e me apoia a seguir jogando. O tênis é minha prioridade. Eu vejo coisas diferente hoje. As coisas do circuito. A pandemia complicou um pouco, não consegui lidar bem com as bolhas, mas eu estou feliz na minha vida fora de quadra".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários