Matheus Martins explica decisão de jogar no Fluminense mesmo de luto pelo avô: 'Representar o clube que sempre me deu apoio'
Luiza Sá
Matheus Martins explica decisão de jogar no Fluminense mesmo de luto pelo avô: 'Representar o clube que sempre me deu apoio'


O Fluminense acabou eliminado na Copinha após derrota para o Santos por 1 a 0 , no último domingo. Mas o dia foi de uma tristeza ainda maior para um dos principais jogadores do Tricolor. Matheus Martins ficou sabendo horas antes de entrar em campo que seu avô, Agenor Silva dos Santos, de 75 anos, havia morrido em decorrência da Covid-19. Mesmo assim, o meia-atacante decidiu jogar para buscar a vaga nas quartas de final.

- Vivi um dia muito complicado no final de semana, tanto na vida pessoal quanto na profissional. Fiquei sabendo da perda do meu avô durante o dia de domingo e à noite tínhamos um jogo decisivo pela Copinha. Fiquei muito triste com a notícia, mas, ao mesmo tempo, sabia que tinha um compromisso com os meus companheiros, de tentar levar o Fluminense à próxima fase do torneio. Eu sabia que era o que meu avô queria, que eu seguisse em busca dos meus sonhos - disse o jogador em contato com o LANCE! .

O Flu começou mal, saiu atrás e demorou a reagir mesmo após o gol de John Kennedy. Nas redes sociais, mesmo com a informação dada na transmissão sobre o falecimento, Matheus acabou sendo criticado por alguns torcedores. Ele, o autor do gol e Wallace foram os três atletas considerados profissionais que reforçaram o elenco da Copinha. O Fluminense tinha 100% de aproveitamento até então.

- Decidi jogar e tentei dar o meu melhor em campo. Infelizmente, as coisas não saíram como a gente planejava, mas não faltou entrega e dedicação da nossa parte. Quis estar em campo também, para representar o clube que sempre me deu o apoio e o suporte necessários para eu crescer. Seguirei trabalhando firme, sempre em busca de evolução, para conquistar grandes coisas no Fluminense, na minha carreira e para dar orgulho ao meu avô e à toda minha família - completou.

Agora, Matheus Martins tem alguns dias de folga antes de se reapresentar ao time profissional na próxima segunda-feira, dia 23 de janeiro. Ele terá o primeiro contato com o técnico Abel Braga e fica à disposição para a disputa do Campeonato Carioca. Em 2021, ele teve apenas 10 partidas no time principal.

Um dos principais destaques da "Geração dos Sonhos", campeã brasileira sub-17 em 2020, Matheus é cercado de expectativa. Tratado como joia, tem contrato válido até 2024 e multa rescisória estipulada em 40 milhões de euros, cerca de R$ 252 milhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários