Alessandro responde ex-Corinthians que disse que ele não era homem: 'Preciso ser com a minha esposa'
Lance!
Alessandro responde ex-Corinthians que disse que ele não era homem: 'Preciso ser com a minha esposa'


A relação entre o Diretor de Futebol do Corinthians , Alessandro Nunes, e o ex-meia do clube Cristian, não é das melhores, e ganhou novo capítulo na última segunda-feira (17).

O cartola, que também atuou pelo clube entre 2008 e 2013, inclusive jogando com Cristian durante duas temporadas, 2008 e 2009, foi o responsável por dispensar o volante em 2017, na segundo passagem do atleta pelo Timão, alegando falta de conduta profissional.

> TABELA: Confira e simule os próximos jogos do Paulistão 2022
> GALERIA: Timão ativo no mercado para “se livrar” de atletas fora dos planos

No ano passado, durante uma participação do programa 'Arena SBT', o jogador alegou que Alessandro que não teria sido homem quando o dispensou.

Em resposta, o Diretor de Futebol corintiano, no mesmo programa do Sistema Brasileiro de Televisão, foi enfático em dizer que precisa ser homem apenas para a sua esposa.

- Sinceramente, não teve tomada de decisão da minha posição. Quando entender que um atleta não estiver tendo uma conduta profissional, preciso tomar uma decisão. E foi isso o que aconteceu. Não tenho nada contra ele. Ele disse que não fui homem com ele. E nem preciso ser homem com ele. Preciso ser homem com minha esposa. Com ele preciso ter respeito e profissionalismo que eu esperava que ele pudesse ter tido naquele momento e não ocorreu - afirmou Alessandro, que ainda deu detalhes do afastamento do meia.

De acordo com o cartola, o clima com Cristian ficou ruim, quando o jogador foi comunicado que não seria inscrito no Campeonato Paulista de 2017.

- Na verdade, ele se incomodou quando eu e o Carille comunicamos a ele que não seria inscrito no Campeonato Paulista. A partir dali, já disse que não tinha sido comunicado, e o assunto se estendeu. Começou por isso. Não foi inscrito na competição, o chamamos na sala antes de soltar a lista, ele acabou se incomodando, não falou nada naquele momento e acabou publicamente falando. Chamei ele e falei: já que você não vem conversar comigo e faz isso publicamente, prefiro falar nos teus olhos que daqui para frente você está fora pelo seu comportamento, pelo seu não profissionalismo. Se depender de mim, você não veste mais a camisa do Corinthians - relembrou o ex-lateral.

Após deixar o Timão, Cristian defendeu o Grêmio, posteriormente São Caetano, Juventus da Mooca e na última temporada atuou pelo time do Atibaia, que disputou a Série A2.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários