Burrow e Chase brilham, Bengals vence Raiders e quebra seca de mais de 30 anos sem vitórias nos playoffs
Lance!
Burrow e Chase brilham, Bengals vence Raiders e quebra seca de mais de 30 anos sem vitórias nos playoffs


O Cincinnati Bengals derrotou o Las Vegas Raiders, xx a xx, no Paul Brown Stadium, em Cincinnati, no início de noite deste sábado (15), em partida válida pelo Wildcard da Conferência AFC. Os Bengals foram donos da partida desde o seu primeiro drive ofensivo, tendo uma resposta para cada problema apresentado pelo adversário.

Os Raiders correram atrás do marcador durante praticamente os 60 minutos, exceção feita ao drive inicial da partida, quando a equipe visitante abriu o placar com um field goal. O excesso de faltas e a execução ruim na redzone foram fundamentais para que Las Vegas não conseguisse um melhor resultado nos playoffs.

Com o triunfo, os Bengals colocaram ponto final numa seca de 32 anos sem vitórias na pós-temporada. O primeiro ano da dupla Ja’Marr Chase e Joe Burrow dá esperanças de um futuro promissor em Ohio. Burrow passou para dois touchdowns, 244 jardas, completando 24 passes em 34 tentativas. Já o wide receiver foi um pesadelo para a secundária dos Raiders. O rookie, forte candidato ao prêmio de calouro ofensivo do ano, recebeu 9 passes para 116 jardas, só faltou mesmo o TD para completar a tarde quase perfeita de Chase. Os Bengals anotaram touchdowns com Tyler Boyd e CJ Uzomah. Os demais pontos na partida foram marcados pelo kicker Evan McPherson.

Pelo lado dos Raiders, Derek Carr até tentou encerrar um jejum de 21 anos sem vitórias em pós-temporada, mas os Raiders não conseguiram equiparar o poderio ofensivo do rival. O quarterback teve 310 jardas passadas em 29 passes completados. Carr lançou somente um touchdown na partida, para Zay Jones, no final do segundo quarto. O QB ainda sofreu um fumble, forçado por Trey Hendrickson, logo no primeiro quarto, que se tornou em field goal para o Cincinnati e a interceptação no drive final.

Os Raiders ainda tiveram chance de igualarem o marcador, com a posse de bola no último drive, mas os Bengals subiram o muro na linha de 9 jardas do campo defensivo, conseguiram a interceptação no quarto down com Germaine Pratt e garantiram a vitória aos mandantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários