Palmeiras diz que Leverkusen desistiu de negociar Alario e busca por centroavante continua
Alexandre Guariglia e Rafael Ribeiro
Palmeiras diz que Leverkusen desistiu de negociar Alario e busca por centroavante continua


O Bayer Leverkusen, da Alemanha, desistiu na tarde desta sexta-feira (14) de seguir as negociações pelo atacante argentino Lucas Alario com o Palmeiras .


O LANCE! apurou que o Verdão recebeu como resposta dos europeus que a liberação de Alario para jogar no Brasil é inviável pelo tempo necessário para que encontrassem um substituto para ocupar sua vaga no elenco.

A reportagem levantou que o time alviverde chegou a ter um acordo com o Leverkusen para conseguir a liberação. Mas houve a mudança de ideia nesta sexta e assim o argentino não será o sonhado centroavante pedido pelo técnico Abel Ferreira desde o fim da última temporada.

Pessoas da diretoria garantem que todas as exigências feitas pelo clube alemão e o atleta foram cumpridas. Havia carta branca da presidente Leila Pereira para pagar o que fosse pedido, nas condições que fossem exigidas.

Um dos pontos do Leverkusen era que o Palmeiras esperasse o fechamento da janela de transferências da Alemanha. Mas o clube tem pressa para definir o elenco visando a disputa do Mundial de Clubes.


Conforme o L! revelou na manhã desta sexta, o Leverkusen recusou a investida do Palmeiras para ter Alario por empréstimo até o final do ano.

Segundo a reportagem apurou, a proposta palmeirense previa o pagamento de uma quantia não revelada para ter o argentino de 29 anos até o fim de 2022, com opção de um valor fixo estipulado de 8,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 54 milhões) para a compra em definitivo do atleta após esse período.

O Verdão acreditava que havia conseguido o mais difícil, que era ter acertado bases salariais e convencido o argentino a jogar no Brasil.

Na primeira sondagem do clube, no ano passado, Alario não demonstrou interesse. Desta vez, contudo, o Palmeiras mostrou ao ex-jogador do River Plate que ele jogaria competições de destaque, como o Mundial de Clubes e a Copa Libertadores, e que tem o respaldo e admiração de Abel.

Revelado pelo Cólon, Alario ganhou destaque no River, onde participou da conquista da Copa Libertadores de 2015 e jogou o Mundial daquele ano pelos argentinos. Foi vendido aos alemães dois anos depois por 25 milhões de euros (aproximadamente R$ 158,29 mi atuais).

Titular no início de sua passagem pelo Leverkusen, sendo artilheiro da equipe, nesta temporada Alario muitas vezes não vem ficando nem no banco de reservas. Ao todo no ano foram apenas 16 partidas disputadas e um gol marcado.

Antes de ter um baixo rendimento, o argentino chegou a renovar o seu contrato no início da atual temporada europeia até 2024. Na ocasião, os alemães recusaram uma proposta de empréstimo feita por ele pelo Bétis, da Espanha.

Na visão do diretor de futebol Anderson Barros, a chegada de um camisa 9 fecharia de vez o elenco do Verdão para a disputa da competição intercontinental, prioridade absoluta no primeiro semestre. Para a zaga, outro pedido prioritário de Abel, o Palmeiras confirmou a contratação de Murilo, na manhã de quarta-feira (12).

O clube contratou no início da temporada para a posição Rafael Navarro, que veio de graça após o fim de seu contrato com o Botafogo. E agora corre contra o tempo para encontrar um novo camisa 9, já que o prazo limite da Fifa para inscrição do elenco que vai disputar o Mundial se encerra no próximo dia 24.

TABELA

> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Confira o caminho do Verdão no Mundial de Clubes-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários