Despedida de crias da base e novidades: confira o cenário dos volantes do Vasco para a temporada
Lance!
Despedida de crias da base e novidades: confira o cenário dos volantes do Vasco para a temporada


Após a campanha pífia na Série B 2021, o Vasco passa por uma reformulação profunda em seu elenco. Nove atletas já chegaram e outros estão bem próximos do anúncio. Todos os setores passaram por uma transformação e os volantes não fugiram disso. Diante desse quebra-cabeça, o meio de campo contou com a saída de jovens da base e a aposta em jogadores mais cascudos.

Antes mesmo da última temporada terminar, Andrey teve suas férias antecipadas e deixou o clube no fim do ano. Além dele, Caio Lopes foi outra joia do elenco vascaíno a se despedir e não ter seu contrato renovado para 2022. Para finalizar tantas mudanças, Bruno Gomes irá treinar em horários alternativos e será emprestado.

+ Confira a classificação final da Série B do Campeonato Brasileiro 2021

Por outro lado, o paraguaio Matías Galarza deve ganhar mais espaço sob o comando de Zé Ricardo. Ano passado, o jogador teve um início promissor na era-Marcelo Cabo e agradou a torcida. Contudo, oscilou e perdeu espaço com Lisca e Fernando Diniz. O elenco também terá a presença do jovem Weverton, cria da base cruz-maltina.

Entre os reforços para o setor, o primeiro a chegar foi Yuri Lara, que pertencia ao CSA. O volante, de 27 anos, foi um dos maiores ladrões de bola da última Série B e era conhecido como "pitbull" no futebol alagoano. Durante sua apresentação, o jogador não escondeu ser de família vascaína e diz se espelhar no argentino Guiñazu.

+ Vasco quita salários de novembro de parte do elenco e de funcionários

Em meio à saída de Bruno Gomes, o Vasco negocia com Matheus Barbosa, que pertence ao Avaí e disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Atlético Goianiense. Aos 27 anos, o volante foi revelado pelo Grêmio e se destacou com as cores do Cuiabá na Série B em 2020. Em 2021, o jogador teve uma passagem pelo Cruzeiro e marcou dois gols no duelo contra o Vasco, no Mineirão.

No meio de campo, outros atletas podem exercer a função ou atuar mais recuados e próximos aos volantes. Um deles é o jovem Juninho, cria da base vascaína, que teve problemas de comportamento e chegou à retornar ao Sub-20 pelo técnico Lisca. Além dele, Vitinho também pode atuar um pouco mais recuado e ajudar na transição ofensiva.

+ FERJ divulga datas e horários das quatro primeiras partidas do Vasco no Campeonato Carioca; Confira

Somados aos meias Isaque, Laranjeira, MT e Sarrafiore, o meio-campo cruz-maltino começa a ganhar forma e Zé Ricardo busca construir um time-base. No setor, Nene segue como referência técnica e apesar da idade já mostrou que pode ser importante no ano. Para dar suporte, caso acerte com Matheus Barbosa, o time terá volantes mais experientes e que conhecem bem a Série B.

Matheus Barbosa no Cuiabá

Matheus Barbosa se destacou no Cuiabá em 2020 (Divulgação/Cuiabá)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários