Divisão de salários e compensação: os fatores que travam a negociação de Pablo, do São Paulo, ao Athletico-PR
Gabriel Santos
Divisão de salários e compensação: os fatores que travam a negociação de Pablo, do São Paulo, ao Athletico-PR


O futuro de Pablo no São Paulo vem sendo assunto nos últimos dias. Após as negociações pelo empréstimo ao Ceará e Santos , mais um clube apareceu: o Athletico-PR, onde o jogador teve boa passagem em 2018. No entanto, alguns fatores travam uma chance do negócio acontecer.

Segundo apurou o LANCE!, a divisão dos salários e uma compensação financeira desejada pelo São Paulo afastaram o Athletico-PR do negócio. De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, o Tricolor deseja algo em torno de R$ 2,5 milhões para liberar o atleta.

Além disso, o São Paulo quer que o Athletico-PR pague todo o salário do camisa nove, considerado alto pela cúpula do Furacão. As negociações estão paradas.

Desde 2018 no Tricolor, Pablo foi o artilheiro do clube na última temporada, com 13 gols marcados, mas é muito criticado pela torcida. O atacante foi a contratação mais cara da história do São Paulo, que em 2018 pagou R$ 26 milhões para tirá-lo do Athletico-PR.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários