Três zagueiros? Pedro e Gabi juntos? Paulo Sousa não se prende a um esquema e espera 'resposta do campo'
Lazlo Dalfovo
Três zagueiros? Pedro e Gabi juntos? Paulo Sousa não se prende a um esquema e espera 'resposta do campo'


A Era Paulo Sousa está em seus primeiros momentos no Flamengo e, aos poucos, seguindo a sua filosofia de trabalho, o português vai implantando métodos que estimulem o foco e a competitividade interna. Em sua chegada, além de exigir que jogadores almocem no CT, externou que ainda não definiu um esquema e que diversas hipóteses são consideradas, como atuar com três zagueiros ou escalar Gabigol e Pedro juntos no ataque.

Nesta terça, Paulo Sousa dará o primeiro treino ao elenco no gramado - ontem, os atletas, na reapresentação, realizaram apenas testes físicos e exames. Por falar em campo, o treinador espera definir as suas predileções a partir do "zero", após testes e interações.

> GALERIA: veja 20 imagens da reapresentação do Flamengo

- Claro que só depois de trabalhar em campo vamos poder entender a capacidade de cada um (em relação a Pedro e Gabigol). Só depois de interagirmos, vamos poder tomar decisões. Em outros clubes, integrei três atacantes. Penso também em fazer em vários jogos desde o início e durante o próprio jogo também. Com certeza, trabalhando com uma ideia clara, é possível. Bruno (Henrique) é muito forte, tem muita qualidade. Também pensamos em integrá-lo em todos os processos e dinâmicas. Gosto de ver minha equipe criar oportunidades. São três jogadores com muitas oportunidades de concretizar. Marcando mais do que nossos adversário, ganhamos os jogos. Quero criar oportunidades para fazermos muitos gols - comentou Paulo Sousa, em entrevista coletiva .

Ao longo de seus trabalhos mais recentes, Paulo Sousa tem como preferência o 4-2-3-1, com dois meio-campistas abertos e um atacante como referência. O treinador já detectou a falta de mobilidade do meio rubro-negro recentemente, mas, sem apontar qual esquema tende a adotar no Fla, apenas destacou que cobiça um time dominante e que recupere a bola o mais cedo possível.

- Podemos ter dois zagueiros, três zagueiros, dois zagueiros e um lateral, mas o importante em uma primeira fase de construção é ter ter qualidade para sair contra equipes que fazem pressão alta. Porque a grande maioria sabe que não tem capacidade fazer pressão alta, então abaixará o bloco e isso exigirá outro posicionamento. O mais importante, e temos a consciência que, com a qualidade e inteligência dos nossos jogadores, terão a capacidade de interpretação, de entenderem o padrão nosso jogo, vamos criar, nossa direção, nossa identidade e o que fazer.

- Quem dá a qualidade ao jogos são os protagonistas e a ocupação dos espaços. Para mim, esquemas táticos não são o mais importante, não são dinâmicos, são estáticos. Para mim, o sistema não é o mais importante. Temos jogadores muito inteligentes, com muita capacidade de entender o jogo e ocupar espaço. Pretendo que seja um time protagonista, dominador, que pressione constantemente, que tenha boa capacidade de controle de jogo com bola. Que esteja o máximo possível perto da área adversária e recuperar a bola rapidamente. Esses são os conceitos que temos de valorizar mais do que o esquema - concluiu.

Paulo Sousa, Marcos Braz e Gabigol - Flamengo

Paulo Sousa em contato com Gabigol, que iniciou os testes físicos na semana passada, antecipadamente (Foto: Alexandre Vidal / CRF)

No início da carreira, no Basel, da Suíça (em 2014), Paulo Sousa já havia feito questão de impor uma choque de ordem: estabeleceu normas rígidas quanto à alimentação e sono, por exemplo. No Flamengo, em cerca de de duas horas na primeira conversa no CT, sublinhou ao grupo a necessidade de mais comprometimento e interesse por suas variações táticas, tanto que pediu para instalar um telão no Ninho do Urubu ao lado do campo . E é lá, do goleiro ao 9, por cerca de um mês só treinando, que o novo time titular será esboçado.

ELENCO DO FLAMENGO PARA 2022

Goleiros:
Diego Alves, Hugo, Gabriel Batista e César.
Zagueiros: Rodrigo Caio, David Luiz, Gustavo Henrique e Léo Pereira.
Laterais: Isla, Matheuzinho (com Covid-19), Rodinei, Filipe Luís, Renê e Ramon.
Volantes: Arão, Andreas Pereira, Thiago Maia, Gomes e Piris (de saída para o Cerro Porteño)
Meias: Everton Ribeiro, Arrascaeta, Diego, Kenedy e Yuri.
Atacantes: Gabigol, Bruno Henrique, Vitinho, Pedro e Michael.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários