Santos mapeou e tentou contratar Endrick, fenômeno do Palmeiras
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Santos mapeou e tentou contratar Endrick, fenômeno do Palmeiras


O Santos mapeou e tentou contratar, em 2016, o garoto Endrick, de apenas 15 anos, que é fenômeno das categorias de base do Palmeiras e tem se destacado na atual edição da Copa São Paulo de Juniores. O pai do garoto, Douglas Ramos, afirmou que o Peixe não quis pagar passagem e hospedagem para ele fazer um teste no clube. O garoto é natural de Brasília.

- No Corinthians, ele também foi aprovado, mas o clube entendeu que não valia a pena custear a vida do resto da família, ou seja, também não acreditaram muito. Já no Santos, entrei em contato para ele poder ser avaliado, avisando que não tinha condições de arcar com a passagem e a estadia para o teste e eles responderam que não trabalhavam dessa forma - afirmou Douglas Ramos, em Live com o jornalista Jorge Nicola.

A versão do Santos é diferente. O LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE apurou que o jogador foi indicado ao clube pelo professor Carlos Roberto, o Betinho, que era da escolinha Meninos da Vila de Brasília, o mesmo que indicou o garoto Ângelo ao Peixe. Os observadores do clube, então, entraram em contato com o pai do atleta, Douglas Ramos, mas ele já havia acertado com o Palmeiras.

O acerto com o rival incluiu um salário fora da realidade para o garoto, então com apenas 10 anos, e um trabalho para o seu pai no clube, na faxina do Centro de Treinamento do Palmeiras. Funcionários do Santos da área de captação alegam que o Peixe não tinha como concorrer com a proposta palmeirense.

Endrick tem 167 gols em 170 partidas nas categorias de base do Palmeiras. Em seu primeiro ano no clube, ele já fez o Santos de vítima. Em 2017, ele fez o gol do título do rival no Paulista Sub-11 na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, no Allianz Parque.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários