América-MG procura investidor para SAF após encerrar exclusividade com o fundo Kapital Footbal Partners
Valinor Conteúdo
América-MG procura investidor para SAF após encerrar exclusividade com o fundo Kapital Footbal Partners


O América-MG já aprovou a sua SAF e segue em busca de um investidor e está aberto a várias propostas, pois pôs fim na cláusula de exclusividade nas negociações que tinha com a Kapital Footbal Partners, dos Estados Unidos.

-América Futebol Clube e Kapital Football Partners LLC vêm a público, nos termos da Cláusula 8a da Carta de Intenções, assinada em 09 de abril de 2021, comunicar que ainda não foram concluídos os termos e condições definitivos relacionados a parceria comercial para desenvolver o Futebol de forma comercial e profissional, por meio de uma nova sociedade empresária, nos moldes previstos na referida Carta de Intenções e na legislação vigente-dizia o comunicado.


-As partes informam que continuam em negociações sobre os pontos chave, sem, no entanto, persistir na obrigação da exclusividade contida na Cláusula 4ª da Carta de Intenções-dizia um comunicado do Coelho-concluiu.

Porque acabou a exclusividade com os norte-americanos

O América-MG foi mais um clube brasileiro que adotou a SAF (Sociedade Anônima do Futebol) como sistema de gestão do clube. Em assembleia realizada com conselheiros e associados, o clube mineiro concluiu os trâmites burocráticos que converteram e o clube no formato de empresa. O Coelho estava negociando com o bilionário americano, Joseph DaGrosa Jr, que queria 90% das ações do Coelho, algo que gerou a quebra do acordo de exclusividade com empresário, que lidera o Kapital Football Group.

O América quer discutir com novo investidor os moldes da divisão societária para ceder o comando do futebol. Os outros bens do clube, como receitas do CT e de aluguel de imóveis, ficará ainda com a associação, sócia da SAF.

O América já quer transferir todos os ativos para a SAF em janeiro e agilizar o processo com o investidor. As partes ainda negociam os percentuais que cada parte ficará na nova empresa.

Na negociação da SAF, o Coelho pode voltar a assumir a administração do Independência e mudar sua sede administrativa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários