Previsão orçamentária do Grêmio mostra corte drástico em investimento no futebol
Futebol Latino
Previsão orçamentária do Grêmio mostra corte drástico em investimento no futebol


O impacto financeiro do rebaixamento em 2021 para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro já ficou explícito no Grêmio com a divulgação da previsão orçamentária do clube na temporada 2022. Isso porque um radical corte está previsto em diversos pontos na comparação com o ano passado.

>Receba as principais notícias com o novo canal do LANCE! no Telegram

Naquele que pode ser considerado o elemento básico, a pretensão de investimento na área de futebol, enquanto o clube gastou R$ 356 milhões no último ano, a ideia é de reduzir esse investimento em quase 50%, deixando o planejamento de investir, em 2022, R$ 180 milhões.

A ideia do clube é caminhar de maneira paralela as previsões de queda em rendimentos onde, no geral, está programado receber R$ 305 milhões ao invés dos R$ 514 milhões da última temporada. Nesta conta, estão inclusas reduções na própria atividade do futebol, verba de transferências e, principalmente, os contratos de TV.

No último item citado, a redução é a maior prevista nas receitas do clube, imaginando a redução dos anteriores R$ 162 milhões para R$ 66 milhões, fruto, principalmente, da diferença no modelo de negociação existente para clubes das Séries A e B do Brasileirão.

Outra redução que também foi inclusa na previsão orçamentária é de ter custos operacionais menores, algo que também tem colaboração na saúde financeira do clube. Enquanto R$ 488 milhões foi o número de 2021, a ideia é ter em 2022 um funcionamento com o uso de R$ 304 milhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários