De camisa 10 a goleador: como um campeão olímpico mudou a vida de Rafael Navarro, reforço do Palmeiras
Lance!
De camisa 10 a goleador: como um campeão olímpico mudou a vida de Rafael Navarro, reforço do Palmeiras


Os 15 gols marcados pela Série B e o destaque pelo Botafogo na competição fizeram o atacante Rafael Navarro chegar ao Palmeiras com a esperança de ser uma peça importante para balançar as redes na reformulação do elenco alviverde para 2022. Porém, o que poucos torcedores sabem é que o jogador nem sempre foi centroavante e foi na mão de um campeão olímpico que o palmeirense se descobriu na posição e conseguiu se reinventar no futebol.

Auxiliar técnico da Seleção Brasileira medalha de ouro em 2021, Gustavo Leal foi o responsável por fazer o Rafael Navarro deixar o meio de campo e se dedicar ao ataque, fato que fez com o que o jogador ganhasse ainda mais destaque nas categorias de base.

- Ele era um camisa 10 de muita qualidade técnica e força, teve passagem pelas seleções de base atuando nessa posição, porém, observei nele um grande potencial de finalização de jogadas, preenchia bem a área e tinha facilidade de marcar gols. A essa altura já não era um meia que se destacava tanto em sua categoria. Enxerguei que como camisa 9, poderia ser um jogador diferente. Projetei nele um centroavante com grande capacidade de marcar gols e uma qualidade técnica acima da média para a posição, podendo ser tanto um jogador mais de área como também com um pouco mais de movimentação. Conversamos sobre a mudança e trabalhamos muito em conjunto e os resultados vieram rápido, em menos de 6 meses fomos campeões estaduais pelo Fluminense com o Rafael Navarro tendo grande destaque dentro do time na nova posição, terminando o campeonato como um dos artilheiros e um dos líderes em assistências - contou o técnico Gustavo Leal, que além de auxiliar da Seleção Brasileira, teve passagens como auxiliar no Fluminense e foi treinador da base do tricolor carioca e da equipe profissional do STK Samorin, da Eslováquia.

Gustavo Leal acredita que o Palmeiras fez um grande negócio ao levar o atacante para São Paulo. O treinador, que atualmente avalia algumas propostas de clubes, comentou um pouco mais sobre as características do atacante.
- O torcedor Palmeirense pode esperar do Navarro um jogador com muita entrega, com vocação para fazer gols e também para servir os companheiros, principalmente por ter iniciado sua carreira como meia. É um garoto que merece realizar todos os seus sonhos, torço para que continue se dedicando assim como fez até hoje, superando todos os obstáculos para que continue crescendo cada vez mais - disse o treinador.

VOCAÇÃO

Descobrir camisas 9 é uma vocação de Gustavo Leal. Outro atleta que mudou de posição em suas mãos foi o atacante Evanilson, que na última rodada do Campeonato Português fez 2 dos 3 gols do Porto na vitória sobre o Benfica que culminou na saída do técnico Jorge Jesus. Também na base do Fluminense, o treinador fez o atacante deixar a ponta para jogar de centroavante.

- Evanílson é um jogador muito especial, tivemos a oportunidade de trabalhar juntos no Fluminense, na Eslováquia e na Seleção. A história do Evanilson se assemelha um pouco a do Navarro. A mudança de posição dele começou a se desenhar na Eslováquia e se concretizou no Sub-20 do Fluminense, logo após a Copa SP. Ele era um atacante de lado, com qualidade técnica, força, velocidade e uma capacidade de finalização superior aos demais jogadores da posição, pensei que se o colocássemos mais próximo do gol, poderíamos melhorar significativamente seus números. Após conversamos, ele imediatamente abraçou a ideia e em pouquíssimo tempo começou a colher os resultados, sendo um dos principais jogadores do Sub-20 do Fluminense, subindo ao profissional com destaque, logo se transferindo para a Europa e conquistando um espaço na Seleção Olímpica - lembrou Gustavo Leal.

Evanílson - Porto

Evanilson também mudou de posição sob o comando de Leal (Foto: Instagram Oficial Porto)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários