Cirurgiã-dentista Dra. Layla Dias faz alertas e dá dicas para que a saúde bucal não interfira na performance dos lutadores
Lance!
Cirurgiã-dentista Dra. Layla Dias faz alertas e dá dicas para que a saúde bucal não interfira na performance dos lutadores


A saúde começa pela boca, e isso não é um simples clichê. Uma pequena cárie ou um qualquer outra mazela negligenciada pode acarretar em problemas para outras partes do corpo, desde o cérebro e coração, quando mais graves; e até mesmo, no caso de lutadores, no retardo de recuperação de lesões comuns, como joelho e quadril.

A cirurgiã-dentista Dra. Layla Dias atentou para a importância dos cuidados com a saúde bucal e deu algumas dicas que devem ser seguidas pelos atletas para prevenir o surgimento ou agravamento de doenças.

"A falta de cuidados com a higiene bucal pode agravar doenças crônicas. Os cuidados preventivos com as doenças bucais são importantes a todos de uma maneira geral; porém, no caso de atletas, devemos levar em consideração a modalidade e o aspecto fisiológico de cada um, prevenindo lesões, tratando e reabilitando-os, compreendendo a influência das doenças bucais no desempenho atlético e performance. Para que haja bom desempenho, é necessário saúde, e para que se tenha saúde, é necessário equilíbrio", explicou a especialista.

Além de ir ao dentista regularmente e os cuidados básicos com escovação e fio dental, a Dra. Layla Dias também destacou o efeito dos alimentos consumidos, já que atletas costumam ingerir suplementações alimentares, energéticos e isotônicos.

"O consumo de energéticos libera mais energia para o exercício físico, mas também pode trazer malefícios devido à presença do ácido cítrico, que por sua vez aumenta o potencial erosivo da bebida na estrutura dentária. As bebidas que contém ácido cítrico apresentam pH menor do que 5,5 e sua ingestão favorece a diminuição do pH da saliva, que é responsável pela proteção dos dentes contra a desmineralização do esmalte", frisa. "A ação desmineralizante das bebidas isotônicas pode provocar prejuízos bucais com desencadeamento de dor e alterações estéticas", completa.

Uma dica é equilibrar tais tipos de substâncias com água.

"O ideal é alternar a ingestão de uma dose de isotônico com uma dose de água ao longo do treino físico. Ter cuidado no uso de suplementação de proteínas. A ingestão de proteínas e suplementos destinados a atletas pode trazer prejuízo no sentido de alterar o pH tanto para ácido quanto para alcalino. Outra recomendação é de que a boca seja higienizada 30 minutos após a ingestão destes alimentos e bebidas", sugeriu.

Por fim, e não menos importante, a Dra. Layla Dias reforçou a importância de se utilizar protetores bucais de qualidade e feitos a partir do molde da arcada do atleta tanto nos treinos quanto nas lutas para proteger a região.

"Os atletas estão expostos a grandes impactos, e esses impactos geram grandes traumas que podem trazer prejuízos irreparáveis, como a perda de um dente. A utilização de protetores bucais para amortecer e dissipar impactos é de extrema importância, pois os atletas possuem uma frequência maior de traumas dentários e dependendo do esporte, a incidência aumenta significantemente", lembrou. "Os protetores bucais intraorais, comuns nos esportes de contato, devem ser orientados e feitos por um cirurgião-dentista, que irá confeccionar através do molde das arcadas dentárias de cada atleta", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários