Miami Dolphins não perdoa o New Orleans Saints e soma sétima vitória consecutiva
Lance!
Miami Dolphins não perdoa o New Orleans Saints e soma sétima vitória consecutiva


O Miami Dolphins segue na sua tocada vitoriosa e, nesta segunda-feira (27), garantiu seu sétimo triunfo consecutivo ao bater o New Orleans Saints por 20 a 3, no Caesars Superdome. A inesperada sequência positiva da franquia da Flórida mantém o time na terceira posição da AFC East, bastante vivo na briga por uma vaga de Wild Card, faltando duas rodadas para o final da temporada regular. Para os Saints, os desfalques de Taysom Hill e Trevor Siemian contribuíram decisivamente para a falta de força ofensiva na partida já que a equipe produziu 158 jardas no total. Agora, a franquia da Louisiana aparece empatada com o Atlanta Falcons, na segunda colocação da NFC South, mas viu suas chances de alcançar a pós-temporada via Wild Card diminuírem.

Na próxima semana, o Miami Dolphins irá até o Nissan Stadium encarar o Tennessee Titans, enquanto o New Orleans Saints terá o divisional da NFC South contra o Carolina Panthers, no Caesars Superdome.

O JOGO

Sem Jameis Winston, lesionado, Taysom Hill e Trevor Siemian afastados no protocolo da COVID-19, o New Orleans Saints se viu obrigado a escalar o quarterback rookie Ian Book para comandar as ações ofensivas do time. Como tudo na vida tem um preço, Book lançou uma pick six em sua primeira tentativa de passe. Nik Needham foi o autor da façanha que colocou o Miami Dolphins à frente do placar. Na única campanha em que Book conseguiu mover as correntes e posicionar o ataque dos Saints no campo do adversário, Brett Maher acertou o field goal de 38 jardas.

Do lado do Miami Dolphins, mesmo com o retorno de Jaylen Waddle ao ataque, a franquia da Flórida não tirou muito proveito da situação dos Saints, marcando apenas um FG de 48 jardas com Jason Sanders e foi para o vestiário vencendo por 10 a 3. Sanders ainda teve outra chance para pontuar, mas errou o chute de 59 jardas.

O segundo tempo seguiu na mesma tônica, com o Miami incapaz de tirar vantagem da incapacidade técnica dos Saints e os mandantes, por sua vez, viram Ian Book ser devorado pela linha defensiva dos Dolphins, foram oito sacks no total sobre o QB dos mandantes. Apenas na metade do terceiro período, Tua Tagovailoa, que já havia sido interceptado na parcial, acertou a mão ao lançar um pato vivo maravilhoso de 40 jardas para Mack Hollins, posicionando os Dolphins no campo adversário. Cinco jogadas depois, Jaylen Waddle recebeu passe de Tagovailoa, penetrou pelo meio da defesa dos Saints e ampliou a vantagem do Miami para 17 a 3.

No quarto período, Jason Sanders ainda aumentou a dor do torcedor do New Orleans Saints ao acertar seu segundo FG na partida, desta feita de 34 jardas, dando números finais ao confronto: 20 a 3.

Tua Tagovailoa encerrou o confronto com 198 jardas lançadas, 19 passes completados, um touchdown e uma interceptação, enquanto Ian Book teve uma estreia desastrosa, com 135 jardas conectadas, 12 passes completados e duas interceptações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários