Retrospectiva LANCE!: Conquistas, adeus, choro, novo lar, reencontro... O ano de Lionel Messi
João Marcos Santana*
Retrospectiva LANCE!: Conquistas, adeus, choro, novo lar, reencontro... O ano de Lionel Messi


Lionel Messi viveu dias para lá de turbulentos em 2021. Em sua última temporada de contrato com o Barcelona , o argentino teve que dar adeus ao lugar onde foi sua casa por muito tempo. Mas nem só de tristeza foi formado o ano do astro, que se lembrará também de conquistas importantes. Veja a seguir na Retrospectiva LANCE! .


TÍTULO COM A ARGENTINA
Sem dúvidas, o ponto mais alto do 2021 de Messi foi vivido no dia 10 de julho. No Maracanã, palco de uma das maiores tristezas de sua carreira, o vice da Copa do Mundo de 2014, para a Alemanha, o camisa 10 deu a volta por cima e conquistou a Copa América com a Argentina.

Apesar de atuação discreta na decisão, que terminou 1 a 0 sobre o Brasil, com gol de Di María , Messi foi o grande nome do torneio e conduziu a Albiceleste ao primeiro título em quase três décadas. Os hermanos encerraram um jejum de 28 anos sem troféu para finalmente soltarem o grito de "dale campeón".

+ Veja a tabela e os jogos da Champions League Argentina x Brasil - Messi

Sob o comando de Messi, Argentina voltou a conquistar um título (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)

FRACASSO NA CHAMPIONS E NO ESPANHOL, MAS TÍTULO DA COPA DO REI
Vindo de um 2020 com o maior vexame da história do clube, onde foi derrotado por 8 a 2 para o Bayern de Munique, o Barcelona tentou mais um título de Champions League, mas novamente passou vergonha. Nas oitavas de final, o clube catalão perdeu para o PSG por 4 a 1 na ida , e empatou em 1 a 1 na volta . No segundo jogo, Messi perdeu um pênalti.

No Campeonato Espanhol, o Barcelona lutou pelo título até a penúltima rodada, quando recebeu o Celta de Vigo no Camp Nou, mas mais uma vez a equipe blaugrana fraquejou. Ao levar um gol aos 44 minutos do segundo tempo, os catalães perderam por 2 a 1 e deram adeus às chances de título .
PSG x Barcelona - Keylor Navas e Messi

Keylor Navas pegou pênalti de Messi em seu último jogo de Champions pelo Barcelona (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Antes de se despedir do Campeonato Espanhol, o Barcelona faturou mais uma Copa do Rei, competição em que é o maior campeão, agora com 31 títulos, com um show de Messi na decisão. Com dois gols do argentino, os catalães venceram o Athletic Bilbao por 4 a 0 . Athletic Bilbao x Barcelona - Final da Copa do Rei - Messi

Título da Copa do Rei foi o 35º de Messi no Barcelona (Foto: HANDOUT / RFEF / AFP)

ADEUS AO BARCELONA
Logo depois de viver o ápice com a Argentina, veio a frustração com o Barcelona. Muito endividado e sufocado por uma enorme crise financeira, o clube da Catalunha não conseguiu renovar o contrato de Messi e colocou um ponto final na passagem do jogador pelo Camp Nou .

O camisa 10 deixou a equipe como o maior da história, com 778 jogos disputados, 672 gols marcados e 301 assistências distribuídas aos seus companheiros. No total, foram 35 títulos em 17 anos: dez Campeonatos Espanhóis, quatro Champions League, sete Copas do Rei, oito Supercopas da Espanha, três Mundiais de Clubes e três Supercopas da Uefa.

Em sua despedida, Messi chorou, disse que não queria partir , mas afirmou que voltaria ao Barcelona, mesmo que outra função.

Leia Também

Messi

Messi não conteve as lágrimas ao se despedir do Barcelona (Foto: PAU BARRENA / AFP)

+ Retrospectiva LANCE!: veja o ano da Seleção Brasileira Masculina em 12 fotos

VIDA NOVA EM PARIS E REECONTRO COM NEYMAR

Após deixar o Barcelona, Messi rumou para a França e acertou com o Paris Saint-Germain . Livre no mercado, o argentino assinou por duas temporadas com a equipe da Cidade Luz. Seu primeiro jogo foi contra o Reims e seu primeiro gol foi contra o Manchester City .

No clube parisiense, Lionel Messi reencontrou um grande amigo do futebol: o brasileiro Neymar. Os dois fizeram sucesso entre 2013 e 2017 com a camisa do Barcelona, onde conquistaram uma Champions juntos, mas agora tentam dar ao PSG seu primeiro título continental. Messi e Neymar

Messi e Neymar são os principais nomes do PSG (Foto: ALAIN JOCARD / AFP)

MAIS UMA BOLA DE OURO
Messi finalizou o ano com mais uma conquista a nível individual. Em novembro, o astro foi eleito pela "France Football" como o melhor jogador do mundo e ganhou a sétima Bola de Ouro de sua carreira . Para ficar com o prêmio, o argentino desbancou Robert Lewandowski, do Bayern de Munique.

Somando jogos por Argentina, Barcelona e Paris Saint-Germain, Messi finalizou o ano com 61 jogos, 43 gols e 19 assistências.
Messi Ballon D

Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

* Estagiário, sob supervisão de Victor Mendes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários