Sérgio Santos Rodrigues se 'esquiva' de falar sobre rumos do futebol e de Luxemburgo: 'perguntem ao Ronaldo'
Valinor Conteúdo
Sérgio Santos Rodrigues se 'esquiva' de falar sobre rumos do futebol e de Luxemburgo: 'perguntem ao Ronaldo'


O Cruzeiro já iniciou a transição de comando no futebol para Ronaldo Fenômeno. E o maior indicativo que há uma nova esfera de poder no clube é a “terceirização” das decisões na Raposa feita pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues, que transferiu as respostas sobre as situações do técnico Vanderlei Luxemburgo, dos jogadores do atual elenco e dos atletas já contratados pelo clube.

Sérgio disse que agora todas as decisões em relação ao futebol estão agora com Ronaldo Fenômeno, que comprou 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol da Raposa, pagando R$ 400 milhões.

Sérgio Santos Rodrigues é comandante do “Cruzeiro Velho”, a associação civil sem fins lucrativos, que era a antiga natureza jurídica da Raposa. Antes da mudança, o Cruzeiro fez nove contratações (Jailson, goleiro, Pará, lateral direito, Maicon e Sidnei, zagueiros, Fernando Neto, Filipe Machado e Pedro Castro, volantes, João Paulo meia e Edu, atacante)

- Mais uma vez são decisões que não sou eu quem tomo. Essa pergunta precisa ser feita para o Ronaldo. Mas, pelo que a gente falou, a princípio, algumas das contratações ele até sabia e, no final, estava até informado. Outras a gente teve de fazer pela dinamicidade do mercado. Acho que foram bem recebidas. Mas geralmente vai de acordo com o critério dele agora. Todos esses temos contratos assinados que estão sob a supervisão dele e da equipe dele agora - disse Sérgio Rodrigues, em entrevista à TV Máfia Azul.

Vanderlei Luxemburgo se pronunciou sobre as notícias de sua permanência na Raposa. Ele questionou o excesso de "exposição na mídia" sobre sua avaliação pela gestão de Ronaldo Fenômeno.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários