Retrospectiva LANCE!: PSG fracassa no Francês e na Champions, mas vê chegada de Messi como esperança
João Marcos Santana*
Retrospectiva LANCE!: PSG fracassa no Francês e na Champions, mas vê chegada de Messi como esperança


O ano de 2021 chega ao fim para o Paris Saint-Germain sem que o clube francês consiga cumprir seu principal objetivo mais uma vez: conquistar a Champions League. Após a ida à decisão em 2020, Neymar, Mbappé e companhia entraram na nova temporada como um dos grandes candidatos ao título, mas fracassaram. Veja a seguir na Retrospectiva LANCE! o ano da equipe parisiense.

>>> Veja como ficaram os confrontos do mata-mata da Champions League


MUDANÇA DE TREINADOR
O ano do PSG começou com novidades logo no segundo dia de 2021. Após a demissão de Thomas Tuchel, consumada em 29 de dezembro de 2020, o clube parisiense confirmou a contratação de Mauricio Pochettino, que estava desempregado desde o fim de 2019.

Depois de chegar à final da Champions League com o Tottenham em 2019, quando foi derrotado pelo Liverpool, a expectativa era que o argentino repetisse o bom trabalho feito nos Spurs. Pegando um time em meio à temporada, entretanto, o desempenho não foi dos mais satisfatórios. PSG x Brest - Maurício Pochettino

Mauricio Pochettino assumiu o PSG no início de 2021 (Foto: ALAIN JOCARD / AFP)

QUEDA NA CHAMPIONS
Vice-campeão da Champions League na temporada 2019/20, o Paris Saint-Germain era visto como um dos principais candidatos ao título para a época seguinte. O troféu, no entanto, mais uma vez, não foi para a galeria do Parque dos Príncipes.

Sob o comando de Mauricio Pochettino, o PSG eliminou o Barcelona com show de Mbappé no Camp Nou, nas oitavas de final, e nas quartas de final se vingou do Bayern de Munique, algoz na decisão no ano anterior, com o francês sendo destaque mais uma vez, ao lado de Neymar, que distribuiu dribles e boas jogadas na eliminatória.

Nas semifinais, no entanto, os franceses perderam para o Manchester City duas vezes (2 a 1 e 2 a 0) e se despediram mais uma vez do torneio sem conseguir erguer a cobiçada 'orelhuda'. Manchester City x PSG

O Manchester City foi o algoz do PSG nas semifinais da Champions League de 2020/21 (Foto: PAUL ELLIS / AFP)

VICE NO FRANCÊS
Como se o calvário na Champions League não fosse o bastante, o Paris Saint-Germain ficou sem conquistar também a Ligue 1, o torneio nacional da França. Com elenco muito superior aos demais adversários, a equipe da Cidade Luz foi batida pelo Lille, que conquistou seu quarto título do Campeonato Francês.

Na última rodada da competição, o PSG até tinha chances de conquistar o título, mas precisava, além de vencer seu jogo, torcer por um tropeço dos Dogues. Neymar e companhia fizeram sua parte, vencendo o Brest, mas o Lille bateu o Angers e levantou a taça depois de dez anos.

A equipe teve um desempenho muito irregular, com oito derrotas e quatro empates em 38 jogos - 82 pontos no geral, contra 83 do Lille. Na 31ª rodada, em pleno Parque dos Príncipes, o PSG foi derrotado pelos futuros campeões por 1 a 0.

Leia Também

PSG x Lille

O Lille foi campeão francês de 2021 e derrotou o PSG em Paris no confronto direto (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

CHEGADA DE MESSI E OUTROS GRANDES NOMES
A janela de transferências para a temporada 2021/22 mostrou que o PSG estava disposto a esquecer a campanha sem títulos e vencer tudo. Sem poupar esforços, Nasser Al-Khelaïfi e Leonardo, presidente e diretor esportivo, respectivamente, investiram pesado no elenco e fizeram seis contratações que abalaram o mercado.

O Paris Saint-Germain trouxe reforços para todos os setores do campo e contratou o goleiro Donnarumma, o zagueiro Sergio Ramos, os laterais Hakimi e Nuno Mendes, o meio-campista Wijnaldum e o meia-atacante Lionel Messi, que foi a cereja do bolo. Hakimi, Wijnaldum, Donnarumma, Sergio Ramos e Messi - PSG

PSG e seus galácticos: mercado do clube abalou o futebol mundial em julho e agosto (Foto: BERTRAND GUAY / AFP)

NOVELA MBAPPÉ
Se por um lado o PSG confirmou a chegada de grandes nomes, o clube se viu no meio de polêmica novela envolvendo o atacante Kylian Mbappé. Fã declarado do Real Madrid, o camisa 7 já afirmou em diversas oportunidades que deseja atuar no clube espanhol.

Sabendo disso, os Merengues tentaram a contratação do atleta, que pediu para ser transferido. O Paris, entretanto, bateu o pé e não liberou o atacante. Com contrato somente até o fim da temporada, porém, a expectativa é que o francês deixe a Cidade Luz de graça.

O PSG ainda tenta reverter a situação para renovar com o jogador, mas Mbappé parece irredutível em sua escolha. Sem esboçar qualquer sinal de pretende ampliar o vínculo, o atleta de 23 anos poderá assinar com outra equipe a partir de 1º de janeiro de 2022. O Real Madrid acompanha o caso.

* Estagiário sob a supervisão de Victor Mendes Metz x PSG - Kylian Mbappé

Em 2021, Mbappé foi o grande nome do PSG; fora das quatro linhas, teve seu nome ligado ao Real Madrid (Foto: SEBASTIEN BOZON / AFP)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários