Retrospectiva LANCE! Bahia fatura a Copa do Nordeste, mas acaba rebaixado no Brasileirão
Lance!
Retrospectiva LANCE! Bahia fatura a Copa do Nordeste, mas acaba rebaixado no Brasileirão


O Bahia, um dos times mais organizados da região nordeste, teve um 2021 repleto de altos e baixos dentro e fora de campo.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Com dinheiro para investir no elenco, a diretoria fortaleceu o elenco e, com a política de deixar o estadual de lado, o time principal, na época comandado por Dado Cavalcanti, entrou força na Copa do Nordeste e não decepcionou.

No regional, Rodriguinho, Gilberto e Cia mostraram potencial e vingaram o torcedor, que pôde devolver o revés sofrido pelo Ceará na temporada passada e venceu o Alvinegro na grande final em pleno Castelão.

No Estadual, mesmo com o título da Copa do Nordeste, o time de aspirantes não foi bem e acabou derrotado na semifinal pelo Bahia de Feira.

Na Copa Sul-Americana outra decepção. O Bahia focou no torneio continental e o resultado foi negativo. Eliminação na fase de grupos e cobranças internas.

Sob pressão para reagir, o Bahia entrou com força no Brasileiro e os resultados não apareceram. No turno inicial, os comandados de Dado Cavalcanti até chegaram a ficar nas primeiras colocações, mas a falta de elenco pesou e a queda de produção causou a demissão do treinador.

A opção do presidente Guilherme Bellintani foi o argentino Diego Dabove, que vinha de trabalhos ruins em seu país. Durou apenas seis jogos e foi mandado embora.

A última cartada foi Dado Cavalcanti, que até chegou a melhorar a equipe. Porém, em jogos chaves na luta contra a queda, as peças do elenco não mostraram o resultado esperado e o rebaixamento foi consumado na última rodada em revés para o Fortaleza, na Arena Castelão.

Números na temporada: 29 vitórias, 17 empates e 27 derrotas em 73 jogos, com 99 gols marcados e 82 gols sofridos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários