Corinthians tem negociação avançada para emprestar o zagueiro Léo Santos para a Ponte Preta
Alexandre Guariglia
Corinthians tem negociação avançada para emprestar o zagueiro Léo Santos para a Ponte Preta


Enquanto não define a contratação de seu tão sonhado camisa 9 , o Corinthians segue definindo o destino de jogadores que não fazer parte dos planos para a próxima temporada. Nesta quinta-feira, o clube deixou encaminhado o empréstimo de Léo Santos para a Ponte Preta até o fim de 2022. A informação foi publicada primeiramente pela Gazeta Esportiva e confirmada pelo LANCE! .

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

O Timão tinha outros interessados em contar com o zagueiro para o ano que vem, mas pesou a vontade de Léo em apostar em um clube no qual possa ter mais chance e em que vai poder disputar um forte estadual como é o Paulistão, e o Brasileirão da Série B, que tende ser um dos mais equilibrados da história.

Aos 23 anos, Léo Santos renovou contrato com o Corinthians em 2020, firmando um novo vínculo até dezembro de 2023. No entanto, ficou mais de dois anos sem atuar devido a duas cirurgias no joelho e longa recuperação. Apesar de ter feito parte do elenco durante quase todo o ano de 2021, teve poucas oportunidades e não vinha ficando nem no banco de reservas.

Desde o seu retorno, Léo teve a oportunidade entrar em três jogos: contra Ituano, Santos e Novorizontino. Todos pelo Paulistão-2021. Ao todo, foram pouco mais de dez minutos em campo. Tratado como um jogador de muito potencial desde quando subiu ao profissional, o zagueiro quer ter novamente uma sequência de jogos para mostrar que está plenamente recuperado.

Além de Léo, o Corinthians já havia emprestado Matheus Jesus para a Macaca. Fessin, que estava lá na temporada 2021, deve seguir em Campinas por mais um ano. Seu contrato com o Timão se encerra em dezembro de 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários