Vasco contrata duas empresas para elaborarem o projeto da SAF com o aval dos Conselhos do clube
Felipe Melo
Vasco contrata duas empresas para elaborarem o projeto da SAF com o aval dos Conselhos do clube


O Vasco avançou no plano de se tornar clube-empresa e desenvolver a implementação do projeto Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Com a aprovação do Conselho Deliberativo, o clube dará segmento à contratação de estudos para elaboração do projeto e fechou com duas empresas: KPMG e a Veirano Advogados. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal "GE" e confirmada pelo LANCE!

Vale destacar que a KPMG é uma uma organização global, com sede na Holanda, sendo integrante do grupo de empresas chamadas de Big Four no ramo de auditoria e consultoria. Sendo assim, o Vasco pretende criar uma comissão formada por conselheiros, beneméritos e membros da diretoria, para acompanhar os estudos e o projeto de criação da SAF.

+ Confira a classificação final da Série B do Campeonato Brasileiro

Os estudos procuram a elaboração de parecer jurídico sobre a operação incluindo proposta de Estatuto Social da SAF, o detalhamento e valoração dos contratos e ativos ligados ao futebol que seriam transferidos do clube para a SAF, a estrutura administrativa e de governança da SAF, a estrutura e receitas do clube após criação da SAF, entre outros.

Cabe salientar que a Sociedade Anônima do Futebol (SAF) é um tipo societário criado pela Lei n.º 14.193, de 6 de agosto de 2021, que permite ao Clube constituir empresa para operar o futebol, com regime tributário simplificado e normas de governança que asseguram a gestão profissional e transparente.

- O Vasco entende que a criação da SAF é a medida mais adequada para se obter, a um só tempo, o saneamento das finanças do Clube e a realização de investimentos no futebol, pois esse regime jurídico oferece instrumentos para captação de recursos financeiros a um custo inferior do que aquele hoje disponível para o Clube no mercado - divulgou o Vasco por meio de uma nota oficial.

+ Rápido, valente e bom nos duelos individuais: quem é o equatoriano Luís Cangá, reforço do Vasco


– A constituição da SAF é um passo fundamental para que o Vasco recupere a capacidade de investir no futebol e também equilibre suas finanças em definitivo. Nossa indústria vai passar por um processo inexorável de profissionalização com rápida transformação. Aqueles que se organizarem primeiro terão uma importante vantagem competitiva, principalmente um Gigante do tamanho do Vasco que é um clube nacional com potencial extraordinário. Vamos trabalhar duro para apresentar o melhor projeto do mercado – declarou o presidente Jorge Salgado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários