Carol Portaluppi, filha de Renato Gaúcho, relata assédio no Leblon: 'Nunca me senti tão impotende'
Lance!
Carol Portaluppi, filha de Renato Gaúcho, relata assédio no Leblon: 'Nunca me senti tão impotende'


A filha do treinador Renato Gaúcho, Carol Portaluppi , relatou ter sido vítima de assédio no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O caso ocorreu na noite da última quinta-feira, e Portaluppi denunciou tudo nas redes sociais.

- Eu estava andando na rua do Leblon e um cara enfiou uma garrafa de água na minha bunda. Que isso, gente? Não estou conseguindo falar - escreveu Carol em mensagem postada nos stories do Instagram.

+ Carol Portaluppi provoca após vitória do Flamengo e é rebatida: 'Há uns meses atrás você era gremista'

Depois, ela deu mais detalhes de como tudo aconteceu.

- Eu estava andando na rua, no Leblon, no Rio de Janeiro, e um homem veio e falou qualquer coisa pra mim, que eu nem consegui prestar atenção, e enfiou uma garrafa d'água na minha bunda. E eu fiquei tão nervosa na hora que eu não tive reação, não consegui continuar andando. E assim, a rua estava cheia. Eu nunca me senti tão impotente, assim, na minha vida - desabafou a modelo.

- Fiquei tão assustada na hora que não tive reação. Só consegui continuar andando. E a rua estava cheia, ninguém fez nada. Não sei se as pessoas se assustaram. Minhas pernas tremendo muito. Vontade de gritar, pedir ajuda e, ao mesmo tempo, continuei andando, mantive a calma. Estou sem vontade de falar nenhuma, só estou falando porque tem muita gente falando comigo. Me abalou muito. Me senti bem agredida, assediada - contou Carol Portaluppi.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários