Paulo Henrique avalia ano e comemora permanência do Juventude na Série A
Lance!
Paulo Henrique avalia ano e comemora permanência do Juventude na Série A


No seu retorno à elite do futebol nacional, o Juventude garantiu a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro e vai jogar de novo o torneio em 2022. Contratado em 2021 para disputar a sua primeira divisão da carreira, o lateral-direito Paulo Henrique comemorou a permanência da equipe de Caxias do Sul na elite e avaliou de maneira positiva sua temporada com a camisa alviverde.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

'O sentimento é de dever cumprido. Pegamos o clube na Série A e o objetivo principal era conseguir se manter. Então, a sensação é sim de dever cumprido e coração tranquilo por ter conseguido isso', afirmou o lateral.

Paulo Henrique foi titular no jogo que garantiu a permanência do Juventude, na vitória sobre o Corinthians, no estádio Alfredo Jaconi. O jogador afirmou que foi a partida mais importante da sua carreira.

'Sem dúvida foi um dos jogos mais importantes da minha carreira. Tratei essa partida como uma verdadeira final. Para mim foi motivo de extrema alegria participar disso, fazer parte desse último jogo decisivo e contribuir para a permanência do Ju na Série A', emendou Paulo Henrique.

Depois de ser o melhor lateral-direito da Série B de 2020 pelo Paraná Clube, Paulo Henrique foi contratado pelo Juventude e, neste ano, disputou pela primeira vez a Série A do Campeonato Brasileiro. Assim, o jogador avaliou de maneira positiva sua temporada, mas afirmou que gostaria de ter atuado mais.

'A avaliação que eu faço é positiva. Claro que queria ter atuado mais, em mais partidas, mas foi a minha primeira Série A. Nos jogos que atuei consegui ajudar e para mim é gratificante. Quer ter jogado mais, mas o coração está tranqüilo, em paz e muito feliz por ter ajudado o Juventude a permanecer na Série A e por ter feito a primeira Série A da carreira', finalizou Paulo Henrique.

Ao todo, em 2021, Paulo Henrique fez 30 jogos com a camisa do Juventude. Foram 11 partidas pelo Campeonato Gaúcho, duas pela Copa do Brasil e 17 pela Série A do Campeonato Brasileiro. Foram 1793 minutos em campo e três assistências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários