Botafogo completa uma semana com salário de novembro e 13º atrasados com jogadores e funcionários
Sergio Santana
Botafogo completa uma semana com salário de novembro e 13º atrasados com jogadores e funcionários


Se o grande sonho para reforçar o time em 2022 é Elkeson , a realidade que bate à porta do Botafogo no presente traz um panorama bem diferente. O clube completa nesta terça-feira uma semana de salários atrasados com jogadores e funcionários. Os vencimentos de novembro e o 13º ainda não foram quitados.

+ Botafogo sonha com Elkeson: saiba as contratações, saídas e sondagens do clube para 2022

O pagamento deveria ter sido feito na terça-feira passado, quinto dia útil do mês - data de praxe que a diretoria honra os compromissos. Até agora, contudo, a questão não foi resolvida.

Vale lembrar que o Botafogo possui uma "ajuda" do Sindeclubes, que auxilia o clube a partir do desbloqueio de verbas penhoras e/ou presas na Justiça para quitar os vencimentos de quem ganha até 60 salários mínimos - pouco menos de R$ 70 mil.

A questão é que, dessa vez, nem mesmo jogadores e funcionários que estão abaixo desse valor receberam. O clube continua em contato com o Sindeclubes na busca do dinheiro e desbloqueio de verbas - que, se liberadas, entrariam diretamente na conta dos colaboradores.

Fora de campo, a diretoria também busca resolver questões que dizem respeito à montagem do elenco para a temporada 2022. O clube tem seguidas negociações de renovações de jogadores que se destacaram no ano em andamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários