Ídolo de Schwarzenegger morre aos 79 anos, e atleta brasileira Andreia Tokutake relembra legado do esportista
Lance!
Ídolo de Schwarzenegger morre aos 79 anos, e atleta brasileira Andreia Tokutake relembra legado do esportista


O ano de 2021 foi marcado por muitas perdas, entre elas, uma figura importante para o universo do esporte: Dave Draper. Aos 79 anos, o fisiculturista americano deixou o seu legado para a categoria. De acordo com informações divulgadas pela esposa do atleta, Laree Draper, Dave partiu no último dia 30 de novembro.

Apesar de não divulgar a causa da morte, Laree relatou o ocorrido nas redes sociais. "Olá, amigos. Como isso está se espalhando, gostaria de avisar para que não haja confusão. Dave morreu nesta manhã. Eu estava com ele e foi calmo e tranquilo. Como seu médico me disse há pouco, foi uma boa morte", escreveu.

Legado

A história de Dave com o esporte começou cedo, quando o atleta tinha apenas 10 anos. Apaixonado por musculação, aos 21 ganhou o título de Mr. New Jersey e a partir de então passou a colecionar premiações: 1º lugar no IFBB Sr. América, IFBB Sr. Universo e IFBB Mr. World Tall & Overall, 3º lugar no NABBA Mr. Universe Tall e AAU Mr. World e 4º lugar no Sr. Olympia. Draper também ficou conhecido pela carreira no cinema. Como ator, interpretou Billy Gibbons em Lord Love a Duck, ele mesmo em The Beverly Hillbillies e Harry Hollard em Don't Make Waves.

Após o anúncio da morte, alguns admiradores prestaram homenagens à Dave. A vice-campeã de importantes palcos do fisiculturismo, Andreia Tokutake relembrou as boas marcas deixadas pelo atleta e os títulos conquistados.

“Além de todos os ensinamentos em relação a variações de treino e como funciona o bodybuilder raiz, Draper me chamava muita atenção pela forma como ele reagia às colocações em que ficava. No Mr. Olympia, por exemplo, conquistou o 4º lugar, mas isso não o desmereceu de forma alguma”.

Atleta aos 45 anos, com mais de 24 mil seguidores nas redes sociais, Andreia é vice-campeã no campeonato sul-americano Olympia Argentina 2021, vice-campeã sul-americana Lima - Peru 2019 e vice-campeã Olympia Brasil 2021.

“De forma pessoal, eu ainda não consegui alcançar o primeiro lugar, chegar ao shape ideal para isso. Mas sempre me recordo do Dave nas competições. Ele, como um astro do fisiculturismo, que levava a posição no pódio tranquilamente, me ensina a perseverar e entender que é muito mais sobre o amor ao esporte do que sobre títulos. Admiro muito ele por isso”, declarou.

Outro grande nome do fisiculturismo e admirador de Draper é o ex-fisiculturista Arnold Schwarzenegger. Nas redes sociais, ele publicou uma declaração sobre a vida do então companheiro de esporte.

"Dave Draper foi uma inspiração para milhões de pessoas em todo o mundo, incluindo eu. Ele era um dos meus ídolos. Na Áustria, eu mantinha sua capa da revista Muscle Builder na parede em cima da minha cama para me motivar. Quando cheguei à América e finalmente conheci Dave, descobri que seu coração era tão grande quanto seus peitorais", escreveu Schwarzenegger.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários