Santa Catarina recebe o Circuito Bad Boy Open de Jiu-Jitsu
TATAME
Santa Catarina recebe o Circuito Bad Boy Open de Jiu-Jitsu


Sob a liderança do faixa-preta Ricardo Bortoluzzi e com o apoio de Ed Pereira, Secretário de Cultura, Esporte e Lazer do município de Florianópolis, o primeiro evento está marcado para acontecer neste domingo, 12 de dezembro, no Ginásio de Esportes Saul Oliveira – Capoeirão.

O Circuito Bad Boy Open de Jiu-Jitsu contará com disputas da faixa-branca a preta, do infanto-juvenil até o adulto/master, masculino e feminino. Para Ricardo Bortoluzzi, a expectativa é de um grande evento.

- A expectativa é a melhor possível. É um novo formato de evento, trazendo a Bad Boy de volta para o mercado do Jiu-Jitsu em Santa Catarina. Foi um dos primeiros eventos que rolou em Florianópolis na década de 90, até por isso a escolha do nome. A Bad Boy está voltando para o mercado da luta, especialmente do Jiu-Jitsu, e com uma ótima parceria com o Ed Pereira (secretário). Ele é um cara que briga muito pelo esporte e pelo Jiu-Jitsu, sempre fortalecendo o Circuito da Copa Desterro e agora o Bad Boy Open. O Ed dá todo o suporte necessário para que os eventos cresçam - disse Ricardo, que ainda revelou a sequência do circuito para 2022.

Já Ed Pereira, Secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Florianópolis, destacou a importância do esporte para mudar o futuro dos jovens e de ações como o Circuito Bad Boy Open de Jiu-Jitsu.

- O esporte é e sempre será a base do meu trabalho. Como secretário, eu realizo o sonho de fomentar o esporte com objetivo de mudar o futuro de crianças e jovens aqui da região. Esse é o meu propósito na vida pública. Parabéns aos organizadores da Copa Bad Boy, por trazer um evento desse porte, que incentiva os competidores de alta performance e, ainda mais, a nova geração de alunos que treinam forte para chegar ao pódio. A arte marcial é muito mais que uma modalidade. Ela forma bons cidadãos, dentro e fora do tatame - encerrou Ed.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários